Publicidade

Diário Liberdade
Segunda, 13 Novembro 2017 15:30 Última modificação em Sexta, 17 Novembro 2017 19:35

Venezuelanos na luta contra a especulação

Avalie este item
(2 votos)
País: Venezuela / Laboral/Economia / Fonte: Prensa Latina

O governo e o povo venezuelanos encontram-se hoje na luta para eliminar a especulação, tornada agora uma das principais armas da agressão econômica contra o país.

'Vamos perscrutar toda a geografia comercial do país', disse neste domingo o presidente Nicolás Maduro ao anunciar a ofensiva contra a especulação e a falsificação, para fiscalizar a nível nacional 11.890 estabelecimentos, uma ação exigida aos gritos pelo povo venezuelano.

O Chefe de Estado pediu o apoio da Polícia Nacional Bolivariana (PNB) e da Força Armada Nacional Bolivariana (Fanb), para que garantam que os estabelecimentos cumpram com o acordado pelo Governo nacional.

'Vasculhem todos os que tenham que ser vasculhados chamem como se chamem e tirem todos os produtos que estão sendo especulados da venda social ', precisou como mostra de que se empregarão todos os métodos e recursos necessários para enfrentar a guerra econômica lançada por interesse externos e internos.

Como um botão de mostra da guerra econômica e das ações especulativas, ontem o vice-presidente executivo, Tareck Al Aissami informou que nos estados de Sucre e de Portuguesa foram localizadas duas empresas que escondiam mercadorias desde o ano de 2016.

Em Sucre foram ocupadas milhões de latas de sardinhas enquanto em Portuguesa 11 milhões de toneladas de milho branco e amarelo, neste último caso, uma matéria prima subsidiada pelo governo nacional.

Também como parte da guerra sem quartel iniciada pelas autoridades, nesta semana, começa a discussão do projeto de Lei de Abastecimento Soberano e de Preços Combinados, elaborado pela Assembleia Nacional Constituinte (ANC) como mecanismo para neutralizar a exorbitante alta de preços de bens e serviços.

O aumento, qualificado de abusivo e injustificável pela população, convertido em algo recorrente para destroçar os incrementos salariais anunciados pelo governo é na atualidade uma das principais ameaças contra a Revolução Bolivariana, segundo denúncias. Nesta segunda-feira, há uma expectativa, pois os venezuelanos querem encerrar 2017 com um respiro para suas pastas depois de um ano marcado pela violência e tentativas de desencaminhar as mudanças iniciadas em 1999.

'Nesta semana, inicia a discussão como mecanismo para neutralizar e encaminhar a solução ao tema dos preços exorbitantes, criminosos do capitalismo selvagem', anunciou Maduro, algo que sem dúvidas terá um impacto no povo se se consegue especificar para conferir tranquilidade social e estabilidade econômica do país.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar