Publicidade

Diário Liberdade
Segunda, 04 Dezembro 2017 06:55 Última modificação em Sexta, 08 Dezembro 2017 22:05

Entidades de vários países ibéricos, entre os quais Portugal e a Galiza, apoiam Andaluzia no seu Dia Nacional

Avalie este item
(1 Voto)
País: Andaluzia / Direitos nacionais e imperialismo / Fonte: Diário Liberdade

Dia 4 de dezembro é o Dia Nacional da Andaluzia. Entidades de seis países ibéricos assinam um comunicado de apoio às reivindicações daquele país.

Agora Galiza (Galiza), Boltxe (País Basco), Comunistas de Castilla (Castela), CUP (Países Catalães), Iniciativa Comunista (com implantaçom principalmente em Madrid), Nación Andaluza (Andaluzia) e a Plataforma Laboral e Popular (Portugal) assinam o texto em apoio aos direitos nacionais do país, que reproduzimos a seguir:

Neste dia 4 de Dezembro afirmamos o nosso compromisso com o direito de autodeterminação do Povo Trabalhador Andaluz

Neste dia 4 de Dezembro o Povo Trabalhador Andaluz comemora o seu Dia Nacional. As organizações subscritoras aproveitam esta data para saudar o Povo Trabalhador Andaluz e manifestar o compromisso com o direito de autodeterminação da Andaluzia, enquanto nação oprimida pelo Estado espanhol.

Como afirmámos no Manifesto Internacionalista de Compostela assinado há cinco meses, entendemos que este 4 de Dezembro ficará marcado pela regressão reaccionária e autoritária do Estado espanhol, consequência do retrocesso das lutas e do desarme ideológico da "esquerda" institucional, antessala do fascismo que brotará das frustrações do populismo em curso. 

Não haverá nenhum avanço das classes populares dentro das margens do reformismo e do seu Regime de 78. A única via para a emancipação do Povo Trabalhador Andaluz, como no resto de nações oprimidas, é combinar a libertação nacional com um programa socialista, em confronto com a sociedade patriarcal.  

A crise estrutural do capitalismo senil, à qual se junta a crise do Estado espanhol, tornam mais actuais do que nunca as palavras de Blas Infante, dirigente do andaluzismo revolucionário, assassinado pelas tropas franquistas em 1936: "Revolução contra o regime capitalista custe o que custar". E assim segue o Povo Trabalhador Andaluz a caminho da sua libertação.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar