Publicidade

Diário Liberdade
Publicidade
Publicidade
Quinta, 11 Janeiro 2018 17:40 Última modificação em Terça, 16 Janeiro 2018 21:19

Temer comete crime e se prepara para mandar o País de volta ao mapa da fome

Avalie este item
(2 votos)
País: Brasil / Laboral/Economia / Fonte: Causa Operária

Em tempos de golpe de Estado fica difícil exigir, dos que tomaram o poder, qualquer mínima obediência a leis, por mais simples que sejam. Vale para a política, em que os golpistas colocam em marcha todo o tipo de ilegalidade e arbitrariedade para passar por cima dos seus inimigos políticos, e vale também para a economia, que é violada sem maiores cerimônias quando se trata de atacar  as condições de vida do povo.

Foi assim com o “aumento” do salário mínimo aprovado por Michel Temer logo no início do ano. Um reajuste de R$ 17,00 ou 1,81%, subindo o mínimo de R$ 937,00 para R$ 954,00. Nenhuma novidade na miséria, mas o que chamou a atenção foi o reajuste abaixo da inflação, que fechou o ano em 2,07%. Isso, sem levarmos em conta as maquiagens do governo para abaixar a inflação. Temer conseguiu a proeza inclusive de ajustar abaixo do que o próprio Congresso Nacional havia aprovado para 2018, que era de R$ 965,00.

O cálculo do salário mínimo, segundo a regra, deve ser feito com base na inflação segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que foi de 2,07% e o crescimento do PIB. Como o PIB no último ano foi negativo, o cálculo do mínimo deveria ser baseado apenas na inflação.

Esse cálculo é garantido por lei pelo menos até 2019. Mas o que é a lei para os golpistas principalmente quando se trata de passar por cima dos direitos do povo trabalhador? Nada.

E assim, atacando as condições de vida mais básicas do povo, os golpista preparam o país para voltar ao mapa da fome.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar