Publicidade

Diário Liberdade
Sábado, 14 Abril 2018 01:18 Última modificação em Quarta, 18 Abril 2018 20:37

Umha ótica externa do Movimento Estudantil Galego

Avalie este item
(0 votos)
Paula Figueroa Otero

Clica na imagem para ver o perfil e outros textos do autor ou autora

O vindouro 14 de abril celebra-se a II Assembleia Nacional de Erguer. Estudantes da Galiza sob a legenda "Organizadas para vencer", mas a impressom cara às militantes nom organizadas no estudantado popular, nom é precisamente organizada.


Como estudante recentemente incorporada à militância de Erguer. Estudantes da Galiza manifesto o meu descontento coa impressom que a organizaçom transmite cara ao exterior. Umha impressom dogmática, em que as relaçoms com o resto do movimento estudantil semelham inexistentes, atuando em solitário sem passar polas assembleias. Acarrejando umha visom nada democrática nem de auto-organizaçom por parte deste espaço.

As potencialidades de Erguer. Estudantes da Galiza como ferramenta unitária do estudantado galego deveria exigir o respeito da democracia cara às companheiras militantes. Umha organizaçom de massas estruturada em chave independentista sem desconfianças nem dinámicas prejudiciais por parte de organizaçoms políticas que intervenhem aqui para alimentar as suas próprias estruturas.

Entendendo as linhas que conheço de Erguer. Estudantes da Galiza que advogam por umha “autonomia da organizaçom”, difere da realidade dum jeito mui diferente. O isolamento do MEG, esquecendo o resto do estudantado organizado com objetivos comuns aos nossos, caminhando face a umha direçom destrutiva desta ferramenta. Erguer. Estudantes da Galiza deve respeitar dita autonomia, para ser capaces de trabalhar em espaços plurais sem medo a perdê-los, já que há conteúdos, formas de luita e objetivos que só nós –como organizaçom unitária do estudantado independentista- podemos achegar ao movimento estudantil galego. Só baixo esta fórmula, levando a nossa visom da luita ao conjunto do estudantado (organizado e nom), poderemos melhorar as condiçons materiais das estudantes.

Opino que esta organizaçom segue a ser necessária para continuar com as luitas do movimento estudantil independentista galego, mais com umhas condiçons reais, democráticas, assembleárias e de verdadeira auto-organizaçom em unidade com o resto do estudantado popular.

Umha luita por um ensino para as classes populares galegas com umha militância ativa nos grupos de base, para obter, entre todas, um ensino público, democrático, independentista, de qualidade e anti-patriarcal.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar