Publicidade

Diário Liberdade
Quarta, 12 Setembro 2018 19:16 Última modificação em Quinta, 20 Setembro 2018 02:50

Rússia impulsiona comércio em rublos e yuans com China para substituir dólar

Avalie este item
(1 Voto)
País: Rússia / Laboral/Economia / Fonte: Sputnik

Na quarta-feira (11), o diretor-geral do Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF, na sigla em inglês), Kirill Dmitriev, relatou no âmbito do Fórum Econômico do Oriente, realizado na cidade russa de Vladivostok, que Moscou e Pequim estão aumentando as participações comerciais em moeda local.

"Os primeiros acordos serão [feitos em moeda nacional] no começo do próximo ano. Temos um contrato com o Banco de Desenvolvimento da China para um grande fundo em yuans chineses no valor de US$ 10 bilhões [R$ 41 bilhões]", informou Dmitriev.

As participações comerciais usando o dólar norte-americano nas transações estão sendo reduzidas por ambos os países. A Rússia e a China esperam realizar trocas financeiras no valor de US$ 100 bilhões (R$ 415 bilhões) somente neste ano, com perspectivas de alcançar US$ 200 bilhões (R$ 830 bilhões) a médio prazo.

"Recentemente, lançamos um fundo regional em yuans em parceria com a província de Heilongjiang. Que já começou a examinar os projetos e esperamos o primeiro investimento em breve", adicionou o diretor-geral.

A China, a maior parceira de transações da Rússia, foi responsável por 15% do comércio externo russo no ano passado. As negociações bilaterais aumentaram em 31,5% em 2017, alcançando o valor de US$ 87 bilhões (R$ 361 bilhões).

De acordo com o Banco Central da Rússia, as empresas chinesas e russas estão dispostas a pagar em rublos e renminbi (moeda oficial chinesa). No ano passado, 9% dos pagamentos por suprimentos provenientes da Rússia para a China foram feitos em rublos.

Pequim é a maior compradora de petróleo do mundo, sendo Moscou sua primeira fornecedora. Outros países disseram que estão prontos para começarem a usar o yuan nos pagamentos envolvendo transações petrolíferas, ao invés de utilizar o tradicional dólar americano.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar