Publicidade

Diário Liberdade
Segunda, 07 Janeiro 2019 18:29 Última modificação em Terça, 15 Janeiro 2019 21:32

Kim Jong-Un aborda principais desafios coreanos no discurso de Ano Novo

Avalie este item
(1 Voto)
País: Coreia do Norte / Institucional / Fonte: Resistir

Discurso de Ano Novo do líder da RDPC.

Caro povo e pessoal de serviço do Exército do Povo em todo o país,

Caros compatriotas

Caros camaradas e amigos

Findo o ano de 2018, no qual embelezámos a história da pátria, da revolução e da nação com eventos significativos que constituem uma marca indelével, agora encaramos o novo ano de 2019 cheios de esperança.

Ao entrar no ano novo, estendo saudações sinceras a todo o povo e pessoal de serviço que dedicou tudo à causa da construção socialista compartilhando a mesma mente e ritmo com nosso Partido nos dias agitados do ano passado, e desejamos que o lares por todo o país transbordem de afeição, esperança e felicidade.

Minhas calorosas saudações de ano novo dirigem-se também aos compatriotas do sul e do exterior, que compartilharam nossa vontade ao escrever uma nova história de reconciliação, unidade, paz e prosperidade da nação.

Desejo êxito no trabalho dos chefes de estado e de outros amigos estrangeiros que envidam esforços para o progresso social, o desenvolvimento, a paz e a justiça global.

Camaradas

O ano de 2018 foi um ano histórico, no qual ocorreram mudanças notáveis nas situações interna e externa e a nossa construção socialista entrou numa nova etapa graças à linha de independência e à decisão estratégica do nosso Partido.

A Terceira Reunião Plenária do Sétimo Comité Central do Partido, efectuada em Abril do ano passado, foi uma ocasião de importância fundamental no desenvolvimento da nossa revolução para uma nova etapa e continuou a acelerar o avanço do socialismo com base na grande vitória da linha de promover duas frentes em simultâneo. Seguindo o caminho da árdua luta com fé na vitória certa do socialismo, nosso povo providenciou através dos seus próprios esforços uma garantia segura para a defesa da sua soberania e para alcançar a paz e a prosperidade, tendo sido capaz de lançar um grande avanço revolucionário a fim de atingir objectivos ainda mais elevados para a construção de um país próspero.

Graças aos nossos esforços proactivos e positivos, foi criada uma corrente orientada para a paz na península coreana e o prestígio internacional da nossa República continuou elevar-se. No meio disto celebrámos o 70º aniversário da fundação da gloriosa RDPC em esplendor com grande dignidade e autoconfiança.

Com os eventos comemorativos realizados em Setembro, o poder da RPDC – que alcançou a unidade ideológica de toda a sociedade e a unidade do Partido e do povo e que possui uma confiável economia auto-sustentável e capacidade de defesa auto-suficiente, juntamente com a ardente vontade do heróico povo coreano de combater até o fim pela vitória da causa socialista – foi plenamente demonstrado perante os olhos do mundo.

No ano passado todo o povo consolidou ainda mais os fundamentos da economia auto-sustentável, dedicando-se à luta pela realização da nova linha estratégica do partido de concentrar todos os esforços na construção económica.

Avanços significativos e valiosos foram feitos na luta pela implementação da linha de tornar a economia nacional orientada para o Juche. A capacidade de produção do Complexo de Energia Térmica de Pukchang aumentou notavelmente, os complexos de ferro e aço de Kim Chaek e Hwanghae e outras obras metalúrgicas construíram seus êxitos com base no estabelecimento da orientação Juche na produção, e esforços dinâmicos foram feitos para fortalecer os fundamentos independentes da indústria química. A qualidade de vários veículos e produtos da indústria leve, que nos dão prazer à vista pois foram feitos pelos nossos esforços, tecnologia e recursos, foi elevada a um nível mais alto e a sua produção em massa foi realizada, trazendo deleite ao nosso povo.

A classe trabalhadora na indústria de mineração de carvão, em defesa da linha vital da economia auto-suficiente, conduziu uma campanha de efectuar a produção a todo custo para quando tudo estava em dificuldades, e o sector agrícola travou uma luta incessante pelo aumento da produção de cereais, produzindo assim um grande número de unidades e agricultores de alto rendimento, mesmo em condições climáticas adversas.

A indústria do abastecimento, numa resposta vigorosa ao apelo militante do nosso Partido pela concentração de todos os esforços na construção económica, produziu uma variedade de máquinas agrícolas, equipamentos de construção, produtos cooperativos e bens de consumo, dando um ímpeto ao desenvolvimento económico e à melhoria dos padrões de vida do povo.

No ano passado gigantescos projectos de construção, destinados a aumentar a glória à era do Partido dos Trabalhadores, de acordo com o plano e as operações a longo prazo do Partido, prosseguiram de maneira tridimensional e em grande escala. Isto demonstrou na realidade o vigor da Coreia socialista que nunca se acovarda diante de qualquer adversidade mas alcança vitória após vitória avançando com mais força, bem como os potenciais inesgotáveis de nossa economia independente.

Fiel à decisão da Reunião Plenária de Abril do Comité Central do Partido em promover uma viragem revolucionária na ciência e na educação, o sector de ciência e tecnologia apresentou valiosas descobertas de investigação para acelerar o crescimento de indústrias de alta tecnologia e revitalizar a economia nacional. Os esforços para tornar a educação moderna e científica ganharam impulso, as condições de ensino e de ambiente foram actualizadas em muitas universidades, faculdades, escolas de ensino primário e médio por todo o país.

O sector da arte e cultura produziu e encenou um grande número de performances de ginástica e artísticas, evocando uma resposta positiva em casa e no exterior e mostrando vivamente o nível avançado da arte orientada pelo Juche e suas características e vantagens.

Camaradas

Através da luta do ano passado, que acrescentou uma nova página de orgulhosa vitória aos anais de nossa revolução, ficámos mais uma vez convencidos da validade de nossa própria causa e da força invencível do nosso estado. Graças à luta indomável do nosso povo contra o desafio da injustiça, o poder de auto desenvolvimento do nosso estado aumentou de forma constante e a causa da construção de um país socialista poderoso está a progredir a um ritmo mais rápido.

Aproveitando esta oportunidade, gostaria de estender meus sinceros agradecimentos, mais uma vez, a todo o povo, incluindo o pessoal de serviço do Exército do Povo, por avançar sem parar ao longo da estrada da vitória indicada pelo Partido e assim realizar proezas que irradiarão brilhantemente na história do nosso país.

Camaradas

Tendo crescido de modo amadurecido e poderoso em meio à luta para glorificar a nova era da revolução Juche, nosso Partido e o povo está a lançar a marcha do novo ano cheio de maior confiança e ambição.

Este ano, nos deparamos com a tarefa de expandir a capacidade de desenvolvimento independente do país para abrir perspectivas brilhantes a fim de dar um passo em frente rumo à construção socialista.

Temos a força e os fundamentos para levar adiante um futuro mais brilhante de socialismo pelos nossos próprios esforços, e também desenvolvemos nossa própria estratégia e métodos criativos para este fim. Quando nos empenhamos com um espírito infatigável no princípio da auto-suficiência, pela adesão à nova linha estratégica do partido, a força de nosso país redobra e os sonhos e ideais do nosso povo se tornarão realidade.

"Vamos abrir uma nova estrada de avanço para a construção socialista sob a bandeira da autoconfiança!" – esta é a palavra de ordem que devemos defender. Devemos provocar um surto revolucionário em todas as frentes da construção socialista, considerando a auto-suficiência como uma espada preciosa para a prosperidade, um espírito que sempre foi uma bandeira de luta e força condutora para um salto em todo o decorrer da revolução coreana.

O poder da economia socialista independente deve ser ainda mais fortalecido.

Devemos confiar em nossas próprias forças e recursos técnicos e no alto espírito criativo e entusiasmo revolucionário de todo o povo, de modo a alcançar os objectivos estratégicos do desenvolvimento económico nacional e entrar numa nova etapa de crescimento.

Devemos planear adequadamente e implementar cuidadosamente as operações nacionais destinadas a manter, reforçar e revigorar a economia nacional como um todo.

Devem ser tomadas medidas estratégicas para dar um bom desempenho às potencialidades da economia autos sustentável e utilizar os novos elementos e força motriz para o desenvolvimento económico, e os recursos humanos e materiais do país devem ser incluídos na construção económica de modo eficaz. Devemos nos concentrar no elo principal do trabalho económico nacional, revigorar os outros elos de toda a cadeia e promover o desenvolvimento a longo prazo da economia, de modo a impulsionar sua revitalização.

Os métodos de gestão devem ser inovados para realizar satisfatoriamente a orientação unificada do estado sobre a economia em geral e tirar o máximo partido do entusiasmo voluntário e das capacidades criativas dos trabalhadores. O Gabinete e outros órgãos estatais e de orientação económica devem melhorar o planeamento, o sistema de preços e a gestão monetária e financeira, de acordo com o direito económico socialista e garantir que as alavancas económicas tenham um efeito positivo na revitalização da produção e na reprodução ampliada das empresas. Estas devem ajustar as estruturas e o sistema de trabalho a fim de aumentar a eficiência do trabalho económico e para fazer com que conduzam as suas actividades de modo suave.

Pessoal talentoso, ciência e tecnologia são nossos principais recursos e armas estratégicas para dar um grande salto na construção socialista.

O estado deve decididamente promover o treino de talentos, o desenvolvimento da ciência e da tecnologia e aumentar seu investimento nos mesmos.

É necessário melhorar a qualidade da formação do pessoal talentoso, que irá arcar com o desenvolvimento sócio-econômico, melhorando os conteúdos e métodos de ensino em conformidade com a tendência mundial de desenvolvimento de educação e requisitos pedagógicos. Devemos estabelecer um alto objectivo de desenvolvimento de novas tecnologias e concentrar nossos esforços na investigação de tecnologias essenciais de grande importância prática e significado económico, de modo a assegurar a força principal do crescimento económico. Devemos também tomar medidas institucionais para que os institutos e empresas de investigação científica, em estreita cooperação, possam impulsionar a produção e o desenvolvimento tecnológico e promover a criatividade intelectual.

Todos os sectores da economia nacional devem dar ímpeto para atingir as metas da estratégia quinquenal de desenvolvimento económico.

Devemos direccionar os esforços primários para aliviar a escassez de electricidade a fim de fazer um avanço revolucionário na revitalização da economia nacional.

Uma das tarefas mais importantes e prementes na construção económica socialista para este ano é aumentar radicalmente a produção de electricidade.

Ao concentrar o investimento estatal na indústria da energia eléctrica para manter e reforçar sua fundação já existente e utilizá-la ao máximo e eficazmente a fim de renovar e modernizar sectores e projectos extremamente necessários, podemos, por agora, elevar a produção de energia ao nível do seu ano de pico.

Devemos assumir o problema de aliviar a pressão sobre a electricidade como um empreendimento de todo o estado, intensificar a construção de centrais hidroeléctricas, incluindo as centrais energéticas de Orangchon e Tanchon, e instalar capacidades de produzir energia através das marés, vento e energia nuclear sob um plano de longo alcance. Províncias, cidades e municípios devem desenvolver e utilizar de maneira eficaz as várias fontes de energia disponíveis em suas áreas locais.

A indústria da mineração de carvão é uma frente primária no desenvolvimento da economia auto-suficiente.

Só quando o carvão for produzido em massa poderemos resolver o problema da electricidade e satisfazer a procura por combustíveis e energia para os diferentes sectores da economia nacional, incluindo a indústria metalúrgica.

A indústria de mineração de carvão deveria canalizar esforços, acima de tudo, para o fornecimento de carvão às centrais termoeléctricas, de modo a que elas possam normalizar a produção de electricidade sem interrupções.

Todo o país deve prestar activa assistência ideológica, espiritual, material e técnica às minas de carvão, e o Estado deve adoptar medidas rigorosas para providenciar de modo responsável instalações e materiais necessários para a produção de carvão e boas condições de vida para os seus mineiros.

Um maior desenvolvimento deve ser alcançado no estabelecimento da orientação Juche nas indústrias metalúrgica e química, os dois pilares da construção económica.

A indústria metalúrgica deve reduzir ao mínimo o custo de produção, aperfeiçoando os aspectos científicos e tecnológicos dos processos de fabricação de ferro e aço orientados pela Juche, assegurando seu funcionamento normal e elaborando e implementando um plano de operações para fornecer-lhes minério de ferro, refractários e ferro-ligas a fim de atender a sua capacidade de produção aumentada.

A indústria química deve intensificar a construção da fábrica de fertilizantes fosfatados e o estabelecimento da indústria química C1, desenvolver as indústrias de glauberita e fibra sintética e converter os equipamentos e processos técnicos existentes em equipamentos que economizam energia e poupam trabalho. Este ano, um esforço nacional deve ser feito para operar as fábricas de fertilizantes químicos a plena capacidade e aumentar a produção no Complexo Vinalon 8 de Fevereiro.

O sector ferroviário e outros sectores dos transportes devem lançar uma campanha intensiva para fortalecer a disciplina e aumentar suas capacidades de vagões e de tráfego para aliviar a pressão sobre os transportes. A indústria de construção de máquinas deve actualizar as técnicas de concepção e processamento para desenvolver e produzir uma variedade de maquinaria e equipamentos modernos à nossa maneira para atender às nossas condições reais.

Melhorar radicalmente o padrão de vida das pessoas é uma questão da maior importância para o nosso Partido e o estado.

A frente agrícola, o principal ponto de ataque na construção económica socialista, deveria conduzir uma campanha pelo aumento da produção.

O Gabinete e outros sectores relevantes devem fornecer orientação científica e técnica eficaz para cada processo de produção e fornecer quantidades suficientes de materiais necessários para a agricultura deste ano, aumentando assim a produção de cereais de forma decisiva. Devem respeitar-se as opiniões e os interesses dos agricultores, os mestres da agricultura, e atender adequadamente às exigências do princípio socialista de distribuição.

É necessário aderir aos quatro factores-chave estabelecidos pelo Partido para o desenvolvimento da pecuária, modernizar e revigorar as bases da mesma, como as criações de frangos, e incentivar a criação conjunta de gado pelas unidades agrícolas cooperativas e a pecuária paralela por agricultores individuais, de modo a abastecer o povo com mais carne e ovos.

O sector da pesca deve consolidar as suas bases materiais e técnicas, estabelecer a pesca e a cultura aquática numa base científica e proteger e aumentar os recursos aquáticos, de modo a abrir um novo caminho para o desenvolvimento da indústria pesqueira.

O sector da indústria ligeira, mantendo firmemente a bandeira da modernização das linhas de produção, obtendo internamente tudo o que é necessário para a produção e melhoria da qualidade, deve produzir e fornecer vários tipos de bens de consumo desejado pelo povo e assegurar que províncias, cidades e municípios renovem as fábricas de condimentos e outras unidades geridas localmente e mantenham o seu funcionamento regular com base nas matérias-primas disponíveis localmente e noutros recursos.

Também neste ano devemos avançar, de maneira arrojada, com grandes projectos de construção para a prosperidade nacional e o bem-estar do povo.

Todo o Partido, todo o exército e todo o povo deveriam transformar o município de Samjiyon num modelo de cidade montanhosa moderna, uma aldeia socialista ideal, e completar, no mais alto nível possível, os projectos de construção que representariam a era actual, incluindo a área turística costeira de Wonsan-Kalma e outras novas áreas turísticas. É importante melhorar constantemente os métodos de concepção arquitectónica e os métodos de construção, assegurar a produção interna e a melhor qualidade dos materiais de acabamento, de modo a construir todas as estruturas arquitectónicas de forma magnífica no nosso próprio estilo e proporcionar ao povo uma vida feliz e culta. Com os projectos de construção em nível nacional em andamento em grande escala, devemos construir a capacidade de produzir cimento e outros materiais de construção conforme planeado.

Devemos fazer esforços proactivos para implementar as tarefas da segunda etapa da campanha de restauração florestal, melhorar o paisagismo, a gestão urbana e a administração das estradas e tomar todas as precauções contra a poluição ambiental.

Todos os sectores e todas as unidades devem cumprir suas quotas do plano económico nacional em todos os seus índices, identificando e inscrevendo tudo até a última reserva, possibilidade e potencial pelo aumento da produção e pelo ganho de experiência.

A fortaleza político-ideológica do nosso estado socialista deve ser aumentada de todos os modos possíveis.

É necessário unir solidamente as vastas sessões das massas em torno do Partido aplicando a fundo a visão orientada pelo Juche, uma filosofia orientada para o povo, nas actividades do Partido e do estado.

Os órgãos do partido e do governo e as organizações de trabalhadores devem dar prioridade máxima e absoluta aos interesses do povo sejam quais forem os planos e ao que conduzam; eles devem dar ouvidos às suas opiniões sinceras, dar prioridade aos seus desejos e qualquer coisa benéfica para eles, e esforçarem-se por traduzi-los na realidade sem quaisquer condições anexadas. Em qualquer lugar, a qualquer momento e sob quaisquer circunstâncias, eles devem fazer esforços altruístas e devotados para o bem do povo, direccionar atenção primária à sua subsistência e assegurar que todos se beneficiem da política de afecto e confiança, a única que abrange e cuida de todos. Eles deveriam intensificar a luta para erradicar tanto casos sérios como triviais de abuso de poder, burocratismo e corrupção, os quais destruiriam o conjunto harmonioso do Partido e das massas e enfraqueceria o sistema socialista.

Entretanto, a situação e as circunstâncias podem mudar. Os membros do Partido e todos os outros trabalhadores devem valorizar o princípio de nosso estado em primeiro lugar como um elemento da sua fé e intensificar a construção económica socialista da nossa própria maneira. Eles devem orgulhar-se da grande história do nosso país, trabalhando com devoção sincera e um desejo patriótico de desenvolver sua pátria pelos seus próprios esforços perante os olhos do mundo, a terra preciosa do socialismo que têm defendido geração a geração.

Deveríamos acelerar a construção da civilização socialista.

O hábito revolucionário de estudar e um modo de vida cultural e emocional deve ser estabelecido por toda a sociedade, de modo a que todo o povo possua um conhecimento versátil e dotes culturais como exigido pelos tempos que se desenvolvem. O sector da arte e literatura deve criar obras esplêndidas, incluindo filmes e canções que reflictam os tempos e a realidade e toquem o coração das pessoas, enriquecendo assim a riqueza espiritual e cultural da nação e dando um ímpeto poderoso à grande marcha revolucionária de hoje.

Devemos assegurar que todas as pessoas percebam as vantagens do sistema socialista de saúde pública modernizando as fábricas de aparelhos médicos e farmacêuticos, melhorando as instituições médicas e elevando o nível do serviço médico. Actividades desportivas de massa devem ser conduzidas rapidamente e técnicas desportivas especializadas devem ser desenvolvidas para assegurar que todo o país transborde de vigor e optimismo, e que os desportistas continuem a demonstrar a sabedoria e o poder dos coreanos em competições internacionais.

Devemos lançar um poderoso impulso para estabelecer um modo de vida socialista e enobrecer a disciplina moral, garantindo assim que nenhumas práticas imorais e incultas que se efectuem contra as emoções e a visão estética do nosso povo sejam reveladas. Ao assim fazer, podemos transformar toda a sociedade numa família grande e harmoniosa preenchida pela excelência moral e por sentimentos ternos.

A capacidade de defesa nacional deve ser solidificada.

O Exército Popular deve de forma confiante defender o Partido, a revolução e a segurança do país e do povo, realizando continuamente feitos miraculosos em todos os locais da construção socialista, tal como no passado, mantendo firmemente a política dos quatro pontos para desenvolvê-lo num exército poderoso. Ao assim fazer, deve demonstrar em pleno o poder do exército revolucionário, o poder invencível do exército do nosso Partido.

As Forças Internas de Segurança do Povo Coreano, como condizentes com o escudo vermelho da revolução, devem defender até à morte o nosso Partido, sistema e povo, e os Guardas Vermelhos Operários-Camponeses devem fortalecer a sua eficiência de combate neste ano do seu 60º aniversário da sua fundação.

Uma capacidade de autodefesa poderosa é a pedra angular da existência de um Estado e uma garantia para a salvaguarda da paz.

A indústria de munições deve, por um lado, aumentar a capacidade da defesa nacional para aquela dos países avançados do mundo aumentando o esforço para tornar a indústria de defesa baseada na Juche e modernizá-la, garantindo portanto a paz na península coreana pela força de armas e, por outro, apoiar activamente a construção económica.

A fim de realizar com êxito as tarefas militantes que enfrentamos este ano, responsáveis, líderes da revolução, devem redobrar esforços e lutar com determinação e coragem.

Mais ninguém senão as massas do povo constitui a força motriz e são responsáveis pela execução da política do Partido, e elas conhecem as condições reais melhor do que ninguém. Os responsáveis devem sempre mergulhar na realidade pulsante, ver tudo com seus próprios olhos e conduzir uma análise abrangente de como as coisas estão; devem aprofundar-se entre as massas, partilhar casa e comida com elas e motivá-las para resolver estrangulamentos, se houver. Devem estabelecer seus ideais e ambições de acordo com os planos do Partido, melhorar continuamente suas habilidades práticas e ampliar seu horizonte. Deste modo, devem tornar-se organizadores competentes e trabalhadores activos que fazem esforços persistentes para alcançar tudo perfeitamente de acordo com o padrão exigido pelo Partido. Eles devem dedicar-se a qualquer tarefa desafiante, trabalhar até altas horas da noite ponderando em como trazer benefícios ao país e ao povo e descobrir o valor de seu trabalho no riso feliz do povo.

Hoje, os jovens devem desempenhar um papel importante na promoção da construção socialista.

Com o mesmo espírito e coragem que demonstraram nos últimos anos para criar contos lendários da nova era em resposta ao apelo militante do Partido, devem honrar seu título de vanguarda nos postos revolucionários onde o Partido pretende que estejam. Na actual era empolgante, deveriam tornar-se pioneiros de novas tecnologias, criadores de novas culturas e desbravadores para um grande avanço; devem assegurar que o vigor e a energia da juventude transbordam onde quer que trabalhem.

É necessário aumentar decisivamente o papel das organizações partidárias.

Organizações partidárias em todos os níveis devem conduzir o trabalho político e ideológico de maneira progressiva, de acordo com as exigências dos tempos e da revolução em desenvolvimento, a fim de fazer com que nosso povo dê plena força à força de seu espírito indomável em todas as frentes da construção socialista. Devem dar um impulso às autoridades administrativas e económicas de modo a que possam traçar planos e fornecer orientação para implementar a política do Partido de modo responsável, e despertar o zelo pela inovação colectiva e competição nos seus sectores e unidades. Os comités provinciais, de cidade e municipais do Partido devem travar uma luta poderosa para provocar uma viragem no desenvolvimento da agricultura, educação e indústrias locais.

Camaradas

O ano passado foi emocionante e testemunhou uma mudança dramática sem precedentes na história da divisão nacional num espaço de tempo de mais de 70 anos.

Com a determinação de iniciar uma era de reconciliação nacional, paz e prosperidade, pondo fim ao estado anormal da península coreana, que sofrera uma constante crise de guerra, tomámos medidas pró-activas e ousadas para efectuar uma grande viragem nas relações norte-sul a partir do início do ano passado.

É sem precedentes que três sessões de reuniões cimeiras inter-coreanas e conversações tenham sido realizadas em um ano, em meio a grandes expectativas e interesse dos povos em casa e no exterior, e isso mostrou claramente que as relações norte-sul entraram numa fase completamente nova.

A Declaração de Panmunjom, a Declaração Conjunta de Setembro de Pyongyang e o acordo norte-sul no campo militar, os quais foram adoptados reflectindo a firme determinação e vontade de inaugurar uma era de paz na qual a guerra não mais existe na península coreana, são de grande significância como uma declaração virtual de não-agressão em que o norte e o sul comprometeram-se a terminar a guerra fratricida baseada na força das armas.

Enquanto desportistas do norte e do sul mostraram a sabedoria e a força da nação ao entrar em conjunto em competições internacionais, artistas vieram e foram para Pyongyang e Seul para atear o entusiasmo pela reconciliação nacional e pela reunificação.

Ligação ferroviária inter-coreana. Demos o primeiro passo significativo para a prosperidade comum da nação promovendo projectos de cooperação em vários campos, incluindo ferrovias, estradas, florestas e saúde pública, enquanto resolutamente resolvemos múltiplos obstáculos e dificuldades.

As mudanças surpreendentes que ocorreram nas relações inter-coreanas no ano passado convenceram todos os compatriotas de que, quando unem mentes e esforços, podem transformar a península coreana no verdadeiro lar da nação, que é a mais pacífica e prosperará para sempre.

Embora tenha sido o primeiro passo, o norte e o sul juntaram intenções e sabedoria para reverter seguramente as relações entre os coreanos dos extremos de desconfiança e confronto por aqueles de confiança e reconciliação e fazer em pouco tempo conquistas surpreendentes que eram inimagináveis no passado. Estou muito satisfeito com isso.

No novo ano de 2019, devemos dar passos agigantados nos nossos esforços para promover as relações inter-coreanas, alcançar a paz e a prosperidade e reunificar o país com base nas realizações inestimáveis que fizemos no ano passado, maravilhosamente engalanadas por eventos sem precedentes.

Todos os cidadãos nacionais devem manter em mente a palavra de ordem "Vamos inaugurar solenemente um auge de paz, prosperidade e reunificação da península coreana, implementando a fundo as históricas declarações norte-sul!"

É nossa vontade firme erradicar a hostilidade militar entre o norte e o sul e fazer da península coreana uma zona de paz durável e estável.

O norte e o sul, conforme acordaram, devem tomar medidas práticas de forma proactiva para remover a hostilidade militar em toda a península coreana, incluindo o solo, o espaço aéreo e o mar, como seguimento ao seu término nas áreas de confronto.

Uma vez que o norte e o sul comprometeram-se a avançar no caminho da paz e prosperidade, sustentamos que os exercícios militares conjuntos com forças estrangeiras, os quais constituem a fonte de agravamento da situação na península coreana, não deveriam mais ser permitidos e a introdução de equipamentos de guerra, incluindo activos estratégicos de fora, deveriam ser completamente suspensos.

É também necessário promover activamente negociações multipartidárias para substituir o actual cessar-fogo na península coreana por um mecanismo de paz em estreito contacto com os signatários do acordo de armistício, de modo a estabelecer uma fundação duradoura e substancial para a manutenção da paz.

Todos os compatriotas devem unir-se como um só, estando conscientes de que o senhor da paz na península é a nossa nação, a fim de travar uma luta poderosa para controlar e frustrar todos os movimentos que arruínam a paz e incitam a tensão militar nesta terra.

A cooperação e os intercâmbios inter-coreanos devem ser expandidos e desenvolvidos de maneira integral, de modo a que a reconciliação nacional e a unidade possam ser consolidadas e todos os compatriotas possam beneficiar-se praticamente da melhoria das relações norte-sul.

Por agora, estamos dispostos a retomar o Parque Industrial de Kaesong e o turismo do Monte Kumgang sem qualquer condição prévia e em troca de nada, em consideração pelas condições difíceis dos empresários do lado sul que avançaram para o Parque Industrial de Kaesong e o desejo de compatriotas do sul que estão ansiosos por visitar a celebrada montanha da nação.

Quando o norte e o sul dão as mãos firmemente e confiam na força unida dos compatriotas, nenhumas sanções e pressão externas, desafios e provações serão capazes de nos atrasar nos nossos esforços para abrir uma ampla avenida para a prosperidade nacional.

Jamais toleraremos a interferência e a intervenção de forças externas que se posicionam no caminho da reconciliação nacional, da unidade e da reunificação com o desígnio de subordinar as relações intercoreanas aos seus gostos e interesses.

O norte e o sul não devem deixar passar a atmosfera favorável de hoje, quando o interesse de todos os nacionais e a aspiração pela reunificação estão em crescimento sem precedentes, mas tentar activamente encontrar um plano de reunificação pacífica baseado em acordos de âmbito nacional e esforços directos e sinceros para esta finalidade.

Todos os compatriotas do norte, do sul e do exterior devem acelerar ainda mais o avanço nacional para a implementação das declarações norte-sul, e assim glorificar este ano como histórico, quando outra mudança radical é verificada no desenvolvimento de relações inter-coreanas e na implementação da causa da reunificação nacional.

Camaradas

No ano passado, nosso Partido e o governo de nossa República exerceram esforços responsáveis para salvaguardar a paz e a segurança do mundo e expandir e fortalecer a amizade com diferentes países.

Os líderes cubano e da RDPC. As três sessões da nossa visita à República Popular da China e a visita da delegação cubana ao nosso país foram eventos notáveis na promoção da comunicação estratégica e dos laços tradicionais de amizade e cooperação entre os países socialistas.

No ano passado, foram efectuadas visitas frequentes e intercâmbios aos níveis de Partido, estado e governo entre a RPDC e muitos países do mundo, com o resultado de que aprofundaram o entendimento mútuo e confirmaram a posição e a vontade de promover um desenvolvimento sólido da comunidade internacional.

A histórica cimeira RPDC-EUA, a primeira de sempre, e as conversações efectuadas provocaram uma reviravolta dramática no relacionamento bilateral, o qual era o mais hostil do mundo, e deram uma grande contribuição para assegurar a paz e a segurança na península coreana e na região.

É a posição invariável do nosso Partido e do governo da nossa República e a minha vontade firme estabelecer um novo relacionamento bilateral que atenda à exigência da nova era, conforme esclarecido na Declaração Conjunta RPDC-EUA de 12 de Junho, construir um regime de paz duradoura e estável e avançar rumo à desnuclearização completa.

Consequentemente, declarámos em casa e no exterior que não fabricaríamos nem testaríamos armas nucleares por mais tempo, nem as usaríamos e nem a proliferaríamos, e tomámos várias medidas práticas.

Se os EUA responderem aos nossos esforços proactivos anteriores com medidas confiáveis e acções práticas correspondentes, as relações bilaterais desenvolver-se-ão maravilhosamente a um ritmo acelerado através do processo de tomar medidas mais definidas e mais relevantes.

Não temos a intenção de nos mantermos obcecados e conservar o relacionamento desagradável do passado entre os dois países, mas estamos prontos para corrigir isto o mais cedo possível e trabalhar para forjar um novo relacionamento de acordo com as aspirações dos dois povos e as exigências dos tempos que se desenvolvem.

Como evidenciado pela realidade das relações norte-sul que progrediram rapidamente no ano passado, nada é impossível a um coração disposto, e os parceiros do diálogo alcançarão sem falha destinos que são benéficos para um e outro se avançarem com propostas justas sobre o princípio do reconhecimento e respeitando um ao outro, abandonando sua insistência obstinada com espírito amplo e conduzindo negociações com uma posição adequada e com a vontade de solucionar questões.

Quero acreditar que as nossas relações com os Estados Unidos darão bons frutos este ano, uma vez que as relações inter-coreanas tiveram uma grande viragem, pelos esforços dos dois lados.

Sou de opinião de que, enquanto reuníamos e mantínhamos conversações benéficas para ambos os lados com o presidente dos Estados Unidos em Junho do ano passado, trocámos visões construtivas e chegámos a um consenso de entendimento de um atalho para remover as apreensões de cada um e resolver os problemas intrincados.

Estou pronto para encontrar o presidente dos EUA outra vez a qualquer momento e farei esforços para obter, sem falhas, resultados que possam ser saudados pela comunidade internacional.

Mas se os Estados Unidos não cumprirem a promessa feita aos olhos do mundo, e por mau cálculo quanto à paciência do nosso povo, tentar unilateralmente impor algo sobre nós e persistir em impor sanções e pressões contra a nossa República, podemos ser compelidos a encontrar um novo modo de defender a soberania do país e os supremos interesses do estado e de alcançar a paz e a estabilidade da península coreana.

A situação estabilizada na península coreana e na região não é algo que tenha sido criado com facilidade, e os países verdadeiramente desejosos de paz têm a responsabilidade comum de dar grande importância à situação actual. Os países vizinhos e a comunidade internacional têm de apoiar a nossa sincera posição e os esforços para promover o desenvolvimento positivo da situação na península coreana e combater todas as práticas e desafios que arruínam a paz e vão contra a justiça.

O nosso partido e o governo da nossa República continuarão a reforçar a unidade e a cooperação com os países socialistas e a desenvolver relações com todos os países que nos são amigáveis sob os ideais de independência, paz e amizade.

Camaradas

Estamos a iniciar a jornada do novo ano, enquanto nos fortalecemos mais uma vez com a determinação de trabalhar dedicadamente para o nosso país, nossa pátria e o riso jovial das gerações mais jovens.

Aquilo de que estamos mais uma vez convencidos quando revemos orgulhosamente o ano passado, quando progredimos rapidamente, enquanto construímos nosso caminho através dos nossos próprios esforços, acreditando na nossa própria força diante do duro bloqueio económico e das sanções, é a verdade de que o nosso estado é plenamente capaz de avançar dinamicamente ao longo do caminho do desenvolvimento do socialismo no nosso próprio estilo, graças à grande força e esforços de nosso povo, sem qualquer ajuda externa ou de qualquer outra ajuda.

Também este ano enfrentaremos constantes obstáculos e desafios no nosso progresso, mas ninguém pode mudar nossa determinação e vontade e travar nosso avanço vigoroso e o nosso povo alcançará com êxito seus belos ideais e objectivos sem falha.

Vamos todos trabalhar energicamente e com a mente e vontade voltada para a prosperidade e o desenvolvimento do genuíno país do povo, a pátria socialista.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar