Publicidade

Diário Liberdade
Terça, 05 Fevereiro 2019 14:22 Última modificação em Domingo, 17 Fevereiro 2019 17:32

Roger Waters denuncia golpe dos EUA contra a Venezuela

Avalie este item
(0 votos)
País: Venezuela / Cultura/Música, Direitos nacionais e imperialismo / Fonte: Brasil de Fato

O músico, conhecido por seus posicionamentos políticos à esquerda, denunciou o interesse dos EUA no petróleo venezuelano.

Roger Waters, um dos músico mais influentes da atualidade, usou sua conta do Twitter na noite de domingo (3) para denunciar o golpe em curso na Venezuela, capitaneado pelos Estados Unidos, e saiu em defesa do povo venezuelano e de seu presidente, Nicolás Maduro.

“Deixe o povo venezuelano em paz. Eles têm uma democracia real. Parem de tentar destruí-la para que 1% possa explorar o óleo. Estados Unidos, fiquem fora disso!”, escreveu o ex-baixista do Pink Floyd.

A note from Roger:

This is today!

Stop this latest USG insanity, leave the venezuelan people alone. They have a real democracy, stop trying to destroy it so the 1% can plunder their oil.

US HANDS OFF #VENEZUELA! #NICOLASMADURO #STOPTRUMPSCOUPINVENEZUELA pic.twitter.com/AFi89IGcgV

A declaração do músico veio em meio a uma crise política e econômica na Venezuela, que se acentuou após a posse de Maduro, no mês passado. Os Estados Unidos, que vêm sufocando o país sul-americano financeiramente, não reconheceu a vitória do atual presidente e vêm apoiando a oposição, cujo novo líder, Juan Guaidó, se autoproclamou presidente na última semana.

Guaidó foi reconhecido, além dos EUA, por países como Argentina e Brasil. Rússia, China e Turquia, entre outros, seguem reconhecendo Maduro como presidente legítimo da Venezuela.

Direita decepcionada

Antes de decepcionar a direita venezuelana e norte-americana, Rogers irritou parte da direita brasileira quando, no ano passado, fez uma turnê no Brasil em que trazia em seus shows projeções de imagens que associavam o então candidato à presidência Jair Bolsonaro ao neofascismo mundial.

Em outubro, o músico disparou: “Bolsonaro é louco, vingativo e insano”

Edição: Revista Fórum

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar