Publicidade

Diário Liberdade
Quinta, 21 Fevereiro 2019 13:01 Última modificação em Segunda, 04 Março 2019 20:00

Setores na Colômbia denunciam planos de invasão contra a Venezuela

Avalie este item
(0 votos)
País: Colômbia / Direitos nacionais e imperialismo / Fonte: Prensa Latina

Perante a tensão que se vive hoje na fronteira colombo-venezuelana, analistas e líderes políticos nesta capital alertam sobre a preparação de uma invasão militar contra a Venezuela disfarçada de ajuda humanitária.

Segundo o secretário geral do Partido Comunista Colombiano, Jaime Caycedo, os Estados Unidos procuram invadir a Venezuela e querem fazê-lo a partir da Colômbia.

O que chamam de ajuda humanitária sai realmente das bases militares estadunidenses no Caribe e é a justificativa para a intervenção militar, alertou Caycedo em seu perfil do twitter.

Nessa mesma linha, o analistaÂácolombianoÂáOscar Hernando Avellaneda declarou à Prensa Latina que na fronteira colombo-venezuelana se está procurando criar um incidente que justifique uma guerra fratricida.

Para isso, aponta Avellaneda, colocaram aí uma 'ajuda humanitária', que nunca ofereceram aos habitantes de El Chocó nem daÂáGuajiraÂácolombiana, que sofrem altos índices deÂásubnutrição, e pretendem forçar ao governo constitucional venezuelano de Nicolás Maduro a recebê-la.

O colunistaÂácolombiano usa como exemplo o fato de até a Cruz Vermelha negar que os citados envios de Washington a Venezuela constituíssem ajuda humanitária.

Sobre o show 'humanitário' anunciado para a sexta-feira na cidade fronteiriça de Cúcuta, Avellaneda dimensionou: 'estão organizando para arrecadar 100 milhões de dólares, enquanto simultaneamente o governo dos EUA rouba da Venezuela mais de 23 bilhões de dólares'.

Considera, quem também exerce como médico na especialidade de pediatria, que a sociedade colombiana deve recusar qualquer forma de participação em uma guerra injusta que traria dor, sofrimento e morte a ambos lados da fronteira.

Da mesma maneira pensa a ex-candidata à vice-presidência da ColômbiaÂáe atual congressista Angela María Robledo, quem fez um chamado a que nem um centímetro sequer daÂáColômbiaÂáse preste para invadir a Venezuela.

'Nos Estados Unidos não cairiam as bombas; seria em nossas cidades', afirma a representante do movimentoÂáColômbiaÂáHumana.

Ontem, o ex-presidente da Colômbia Ernesto Samper (1994-1998) expressou que por trás da suposta ajuda humanitária à Venezuela poderia se estar configurando uma intervenção militar.

Acho que por trás do apoio humanitário, poderia ser configurada uma forma de legitimação de uma intervenção militar, disse Samper em entrevista a Alfredo Serrano, diretor do Centro Estratégico Latino-americano de Geopolítica.

Cerca de 700 intelectuais, congressistas e representantes de organizações camponesas, indígenas, estudiantis, sindicais femininas e defensoras dos direitos humanos pediram na semana passada ao presidente da Colômbia, Iván Duque, que se afaste de uma opção militar contra a Venezuela.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar