Publicidade

Diário Liberdade
Quarta, 19 Junho 2019 22:42 Última modificação em Quinta, 11 Julho 2019 01:43

Assassinados mais dois ex-combatentes das FARC-EP

Avalie este item
(0 votos)
País: Colômbia / Antifascismo e anti-racismo / Fonte: Abril Abril

Daniel Esterilla e Anderson Pérez foram mortos a tiro esta segunda-feira nos departamentos de Nariño e Cauca, respectivamente. O partido FARC criticou a «passividade» do presidente colombiano.

Daniel Esterilla Grueso, de 61 anos e desmobilizado da guerrilha fariana, foi assassinado no município de El Charco, na segunda-feira à tarde, segundo informou o movimento Marcha Patriótica.

Esterilla Grueso, que pertenceu à Frente 29 das FARC-EP, integrou-se no processo de paz e dedicava-se actualmente à actividade agrícola no município de Iscuandé (departamento de Nariño), onde residia. De acordo com o periódico El Espectador, um grupo de desconhecidos disparou contra ele quando saía de uma reunião em que foram tratadas questões relacionadas com a reintegração na vida civil.

No mesmo dia, foi assassinado, no município de Caloto, o ex-combatente fariano Anderson Pérez Osorio, que se destacou como defensor dos direitos humanos, dirigente político (do FARC) e seguidor dos processos de reintegração no departamento do Cauca, revela a Contagio Radio.

No espaço de duas semanas, foram assassinados cinco ex-combatentes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia – Exército do Povo (FARC-EP). Além de Esterilla Grueso e Pérez Osorio, Rafael Polindara foi morto, no departamento do Cauca, no passado dia 13; Alexander Saya Palacios foi assassinado, no dia anterior, em Nariño, e Jorge Enrique Sepúlveda foi abatido no departamento de Córdoba no dia 6 deste mês. Desde a assinatura dos acordos de paz, em Novembro de 2016, foram assassinados 136 ex-combatentes.

FARC reclama outra atitude a Iván Duque

Num comunicado emitido ontem, o partido Força Alternativa Revolucionária do Comum (FARC) critica a atitude «passiva» do presidente colombiano, Iván Duque, face aos crimes recentes perpetrados contra dois ex-combatentes.

«Os dois novos crimes contra militantes do nosso partido juntam-se à longa lista de impunidade e de incumprimentos estatais face à palavra dada no Acordo de Paz», refere o texto, em que se sublinha que «os ex-combatentes, confiando no Estado, deixaram as armas e assumiram o desafio de construir a paz na Colômbia», indica a TeleSur.

Neste contexto, o FARC instou as organizações políticas e sociais a realizar um encontro para exigir medidas imediatas «perante a passividade do presidente Duque». Também convocou os membros do seu Conselho Político Nacional para uma reunião de emergência, na próxima sexta-feira, para ali definir uma resposta ao que designou como uma «provocadora estratégia dos inimigos da paz».

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar