Publicidade

Diário Liberdade
Publicidade
Publicidade
Quarta, 13 Novembro 2019 16:38

Golpe na Bolívia: Senadora opositora Jeanine Áñez se autoproclama presidente

Avalie este item
(0 votos)
País: Bolívia / Institucional / Fonte: Opera Mundi

Após renúncia de Evo Morales e Álvaro Linera, parlamentar atropelou rito constitucional e se declarou presidente, mesmo sem ter sido empossada pelo Parlamento boliviano.

A senadora Jeanine Áñez se autoproclamou presidente da Bolívia, na noite desta terça-feira (12/11) – mesmo dia em que Evo Morales e Álvaro Linera chegaram ao México, onde receberam asilo político após terem renunciado para tentar frear a onda de violência do golpe de Estado em curso no país.

Desde o domingo (10/11), ela passou a ser a primeira na linha sucessória após as renúncias do presidente e do vice-presidente do Senado, que seguiram a decisão de Evo Morales.

A Constituição boliviana, porém, prevê que os casos de renúncia presidencial devem ser aprovados ou rejeitados pelo parlamento; assim como a titulação do sucessor deve ser validada pelos legisladores.

Descumprindo o rito constitucional, Áñez discursou como presidente mesmo sem ter sido empossada pela Assembleia Legislativa Plurinacional. A sessão prevista para esta terça-feira não teve quórum, uma vez que os parlamentares do Movimento ao Socialismo (MAS), partido de Evo Morales, se recusaram a participar por falta de garantias políticas.

Por meio do Twitter, Evo Morales afirmou que a autoproclamação da senadora viola a Constituição e as normas internas da Assembleia Legislativa. Ele denunciou à comunidade internacional o "golpe nefasto" que se consuma "sobre o sangue de irmãos assassinados por forças policiais e militares".

Em seu discurso, Áñez anunciou que convocará novas eleições no prazo de 90 dias. "Devemos convocar eleições o mais breve possível e que o resultado das eleições reflita o que a população queira", declarou.

A senadora já ocupou o Palácio Quemado, em La Paz, quando simbolicamente também ingressaram no local uma bíblia e a imagem de uma santa, além de políticos apoiadores.

Áñez tem 52 anos e nasceu na cidade de Trinidad, no departamento de Beni, em região dominada pelo agronegócio e historicamente opositora aos governos do MAS. Ela é senadora em 2010, pelo partido Plano Progresso Bolívia e atualmente integra a aliança opositora Unidad Demócrata.

Camacho comemora

Um dos líderes da oposição golpista que protagonizou ataques violentos a órgãos públicos e a líderes políticos do MAS durante as últimas semanas, Luis Fernando “Macho” Camacho anunciou a suspensão dos atos protagonizados pelo Comitê Cívico de Santa Cruz.

O golpe de Estado têm respaldo de membros da polícia e do comando das Forças Armadas da Bolívia, que têm atuado na repressão às manifestações populares em favor de Evo Morales.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar