Publicidade

Diário Liberdade
Sábado, 13 Janeiro 2018 00:04 Última modificação em Quinta, 18 Janeiro 2018 13:35

Nasce Associaçom José Afonso para fazer justiça ao Zeca também na Galiza

Avalie este item
(2 votos)
País: Galiza / Cultura/Música / Fonte: AJA Galiza

Nasce a Associaçom José Afonso na Galiza para divulgar o seu legado reivindicativo que transcende as fronteiras do tempo

Em Compostela, a 11 de janeiro de 2018, a Associaçom José Afonso - Galiza inicia a sua trajectória para dar a conhecer o labor deste artista que contribuiu a popularizar reivindicaçons políticas e sociais com a sua música e acadou sona mundial con mensagens que transcendem a fronteira do tempo.

Esta associaçom, conformada como um núcleo da AJA-Portugal, tem previsto um completo programa de actividades para o sábado 27 de Janeiro em Santiago de Compostela que inclui umha palestra, umha exposiçom e um concerto homenagem onde actuarám artistas com ligaçom para o Zeca Afonso.

O Zeca Afonso teceu umha forte relaçom com a Galiza. Nom só nos seus concertos no nosso país e nas amizades que cultivou, como também na comprensom do facto popular e nacional da Galiza. Foi ele quem disse para os seus compatriotas «a Galiza nom fica no Minho!»

O reconhecimento da situaçom política nom foi o único que levou da Galiza José Afonso, que estendeu as raízes musicais populares na base dos seus trabalhos musicais em Portugal.

Diz a memória colectiva que foi num concerto multitudinário em 10 de Maio de 1972 no Burgo das Naçons, em Santiago de Compostela, quando se interpretou pola primeira vez Grândola, vila morena, a cançom que o MFA usou, improvisadamente, como sinal para confirmar a sua Revoluçom em Abril de 1974.

Nem a presom da ditadura de Salazar em Portugal contra um dos seus cantores mais populares, com a polícia política a proibir concertos e recitais e mesmo a deter o músico em diversas ocasions, nem a equivalente pressom do fascismo espanhol contra a música de protesta galega, com resultados semelhantes, pudêrom impedir que a música de intervençom se reconhecese polo mundo adiante.

Em 1977 celebrou-se o Festival dos Povos Ibéricos na Corunha, organizado entre outros por Xico de Carinho, com a participaçom do Zeca Afonso, aonde volveu em 1984. En 1981, José Afonso cantou no Auditorio de Castrelos de Vigo, onde quatro anos despois, Benedito e outros músicos organizárom a maior homenagem à figura do seu amigo: em 31 de agosto de 1985, 20.000 persoas ocupárom de novo aquele auditório durante mais de 12 horas continuadas para acompanhar dezenas de músicos, poetas e escritoras, num tributo a um Zeca gravemente enfermo.

A morte de José Afonso em 1987 tampouco derrubou as pontes sobre o Minho, pois as homenagens ao Zeca continuárom. Agora, as actividades da AJA-Galiza contribuirám à herdança dessa universalidade que o Zeca sementou.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Publicidade

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar