Publicidade

Diário Liberdade
Domingo, 24 Abril 2016 20:53 Última modificação em Quarta, 27 Abril 2016 13:30

Hepatite C: Altos cargos da Junta do PP envolvidos em "homicídios imprudentes" Destaque

Avalie este item
(0 votos)
País: Galiza / Saúde

A Junta da Galiza é acusada de "homicídio", devido aos atrasos e negativas a facilitar o acesso aos fármacos ao longo dos anos 2014 e 2015, em plena "febre dos cortes" em serviços sociais.

Meses de espera injustificada, complicaçons hepáticas e outros problemas derivados da negativa do governo do PP a atender em condiçons as galegas e galegos com hepatite C. Um mínimo de seis mortes provocadas pola atitude da Administraçom pública em maos da direita neoliberal que agora leva dous altos cargos da Junta à barra do tribunal.

Fôrom dúzias as galegas e galegos que durante os últimos anos tenhem padecido desatendimento farmacológico, provocando a morte de nom menos de seis pessoas, o que já levou à abertura da primeira causa judicial contra a administraçom pública no Estado espanhol por um crime de "homicídios imprudentes".

A longa luita do coletivo continua, com a denúncia da gestom neoliberal do PP em matéria de saúde. Junto a privatizaçons, reduçom de orçamentos, supressom de camas, etc, destaca o gravíssimo abandono à sua sorte de dúzias de doentes hepáticos galegos.

Dous altos cargos da Junta da Galiza deverám apresentar depoimento nos tribunais de Compostela polos homicídios, se bem a atuaçom nom respondeu à iniciativa individual e sim a umha política planeada a partir da Direçom Geral e da Conselharia da Saúde da Junta da Galiza.

A Uniom de Consumidores da Galiza vai exercer acusaçom particular pola negativa à entrega de medicamentos a pessoas cuja vida dependia desses fármacos. Os critérios para a subministraçom de medicamentos respendeu a critérios de prioridade nos cortes em despesas sobre a saúde das pessoas.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Publicidade

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar