Publicidade

Diário Liberdade
Segunda, 16 Mai 2016 08:02

Fundaçom Artábria celebra desde esta segunda-feira o Dia das Letras Galegas e chama à mobilizaçom

Avalie este item
(0 votos)
País: Galiza / Língua/Educaçom / Fonte: Fundaçom Artábria

Segunda-feira 16, celebraremos na Fundaçom Artábria o Dia das Letras. Desde as 19.30hs, decorrerá umha grelhada a preços populares

À noite, o cantor ferrolano Manolo Bacalhau porá música à jornada.

No dia 17 de maio, participarám junto ao reintegracionismo de base na mobilizaçom nacional que decorrerá em Compostela, convocada por Queremos Galego, na defesa da nossa língua.

A cita é às 12.00hs ao pé das Marias.

Desde a Fundaçom Artábria apelam à sua base social a participar na mobilizaçom e nutrir o cortejo reintegracionista. 

Reproduzimos a seguir o texto comum que será distribuído polos coletivos reintegracionistas:

Como cada ano, saímos às ruas para afirmar que nom nos vam deixar sem língua.

Desta vez, fazemo-lo brandindo a imagem, a obra e a memória de Manuel Maria, poeta da Pátria em galego.

Como quase sempre, um autor nom só de prática normalizadora, como também defensor da conveniência de a orientarmos para o ámbito em que mehor afondar nas raízes e melhor garantir um novo florescer: o da comunidade lingüística que, a partir da Galiza, ecoa em centenas de milhons de gorjas e fortalece a nossa fronteira de segurança frente à imposiçom do espanhol.

A identidade lingüística galego-luso-brasileira é o melhor recurso para que a Galiza se emancipe da submissom mental que nos impede um pleno desenvolvimento como povo. Sabia-o bem Manuel Maria, como antes o soubérom Murguia, Vilar Ponte, Castelao, Carvalho Calero... e hoje o sabem Teresa Moure, Séchu Sende e tantas escritoras e escritores. O reintegracionismo prático é umha ferramenta insubstituível para a plena normalizaçom.

Porém, nem chega com termos, como temos, a razom, nem com a adesom da inteletualidade mais comprometida com a língua e o País. É preciso estender o movimento pola recuperaçom plena do direito à língua no tecido associativo, mediático, sindical, educativo, popular...

As entidades e pessoas que juntas nos manifestaremos neste 17 de Maio fazemo-lo para afirmar essa necessidade, erguendo a Escola em galego, construindo centros sociais, meios de comunicaçom, coletivos e espaços de ócio em galego: exercendo a plena galeguidade lingüística em cada ato da nossa vida social.

Agindo como comunidade nacional viva e ativa: Essa será a melhor, a única, garantia de futuro para a nossa língua.

Avante, pois!

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Publicidade

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar