Publicidade

Diário Liberdade

A crise hídrica no Distrito Federal é consequência de uma série de decisões erradas tomada ao longo dos anos, podendo-se citar: decisão política, e não técnica, de se utilizar o lago de Corumbá IV como manancial abastecedor do Distrito Federal; descontrole na ocupação das bacias hidrográficas dos mananciais utilizados; abandono ou baixo aproveitamento dos pequenos mananciais; aumento dos índices de perdas de distribuição ao longo dos anos; não enfrentamento de maneira adequada dos conflitos de uso de água existentes principalmente na bacia do Rio Descoberto; investimentos não prioritários em modernização de redes de distribuição; não implantação de um modelo de gestão de recursos hídricos que possibilitasse o uso racional e otimizado dos mananciais disponíveis; dentre outros. Assim, pode-se concluir que a crise hídrica vivida atualmente no DF poderia ter sido evitada se diversas medidas tivessem sido implementadas ao longo dos anos.

Publicado em Brasil

Entre os dias 15 e 19 de agosto, na Namíbia, representantes de países africanos estipularam estratégias coordenadas

Publicado em Mundo

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar