Publicidade

Diário Liberdade
Domingo, 29 Mai 2016 18:09

Flagrante Rivera

Avalie este item
(0 votos)
Xurxo Martiz Crespo

Clica na imagem para ver o perfil e outros textos do autor ou autora

Albert Rivera nom precisa de demonstraçom, por isso é tam flagrante. Os seus juízos som, parafraseando Castelao, palavras como chumbos. Decidiu ir à Venezuela para, em palavras de Cristina y los Stop (1967) dar «salud, dinero y amor... y gracias a dios».


Quando chegou a Caracas, declarou colaborar com a democracia (opositora), oferecer-se a um diálogo construtivo (com a oposiçom), a que nom haja presos (da oposiçom) e também para dar cabo da escassez de alimentos, remédios e da crise humanitária». Depois viriam mais «oferecimentos» e declaraçons apologéticas dos opositores presos.

A cereija da torta foi que, em 48 horas de viagem, já tinha umha visom clara do que acontecia no país. Sem querer querendo, «repetiu» o que lhe «contavam» os políticos opositores venezuelanos sobre Podemos e o chavismo, quer dizer, que som o mesmo.

Comparou o chavismo com a ETA (faltaria mais) quando assegurou que «a dignidade das mulheres dos presos (da oposiçom, suponho) lembra as vítimas da ETA». Falou das torturas e dos maus tratos que sofrem os presos (da oposiçom, suponho) e, umha vez passeado e feitas as declaraçons esperadas, apanhou o aviom de volta.

Os acuais fantoches, valedores da democracia venezuelana, nom aparecêrom por lado nengum em abril de 2002... agora bradam por umha «democracia» à sua medida.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar