Publicidade

Diário Liberdade
Domingo, 24 Março 2019 14:36

Facebook: quando o oco domina o mundo

Avalie este item
(0 votos)
Sergio Domingues

Clica na imagem para ver o perfil e outros textos do autor ou autora

O Facebook é uma concha vazia, um recipiente que adquire significado apenas por meio do conteúdo gerado pelo usuário que é produzido por indivíduos interagindo nele.


Mas também funciona como um "aparente paradoxo", em que um "mecanismo estrito e invariável (ditadura de meios) oferece uma heterogeneidade de usos autodirigidos (liberdade de fins)".

As palavras acima estão em “The stack: on software and sovereignty”, de Benjamin Bratton. A obra é citada no livro “The Digital Party”, de Paolo Gerbaudo, ambos sem tradução.

A análise ajuda a entender a lógica do Facebook. Por trás de maravilhas como compartilhamento, descentralização e livre fluxo de informações, um mecanismo que direciona fortemente a vida de bilhões pelo planeta.

Segundo Gerbaudo, esse mecanismo “tem importantes implicações para o exercício do poder em termos da centralização que facilita e das distorções inerentes às regras e protocolos da plataforma”.

Resumindo, a adesão é voluntária e a participação é livre, mas ambas limitadas e orientadas por algoritmos que são definidos por uma minoria e seus valores. Uma centralização tão sutil, quanto poderosa.

O fato é que produtos como o Facebook resultam da mentalidade típica do Vale do Silício. Liberal em relação a costumes, mas fanática quanto aos imperativos do mercado.

E são tais imperativos que transformaram a “concha vazia” do Facebook numa das mais adequadas caixas de ressonância dos valores conservadores que vêm sendo impostos pelo neoliberalismo há décadas.

Trump e Bolsonaro no poder são símbolos perfeitos do sucesso dessa lógica. Se não pode ser considerada o único fator determinante para a vitória deles, ela mostra que cascas vazias também podem funcionar de forma colaborativa.

Fonte: Píluas Diárias.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar