Publicidade

Diário Liberdade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Domingo, 08 Janeiro 2017 19:34

Hospital de Cascais: Chegou a hora de ter uma gestão pública

Avalie este item
(0 votos)
País: Portugal / Saúde / Fonte: CGTP

A aproximação do fim da PPP para a Gestão do Hospital de Cascais é uma oportunidade única para o Governo acabar com estes contratos, que garantem rendimentos aos grupos privados à custa do erário público, dos direitos dos trabalhadores e do serviço prestado às populações.

Sendo esta a primeira PPP a chegar ao fim do prazo, às quais se juntam nos próximos três anos as restantes concessões na gestão dos Hospitais de Braga, Loures e Vila Franca de Xira, o Governo tem a obrigação de pôr um ponto final nestes contratos.

Primeiro, porque não se justifica que o Estado gaste 879 milhões de euros (2016/2017) com os contratos de gestão privada nos hospitais. Depois porque não é admissível – num momento em que se fala na contenção da despesa pública – que se continue a alimentar um negócio que custa centenas de milhões de euros ao Estado, quando temos quadros altamente qualificados na Administração Pública para assumir a responsabilidade destas instituições, com menos encargos e mais qualidade na prestação de serviços.

Com as PPP, perde o Estado, perdem os trabalhadores, perdem os utentes. A ganhar só ficam mesmo os accionistas do Grupo Mello Saúde, do Grupo Lusíadas Saúde e do Grupo Luz Saúde.

A saúde é um direito que não pode estar subordinado à estratégia de negócio dos grandes grupos nacionais e estrangeiros.

A questão que neste momento se coloca não é a de discutir o retorno do Hospital de Cascais à gestão pública como último recurso a considerar, mas a primeira medida a tomar, no quadro da ruptura com as PPP na área da Saúde.

Este é o caminho certo para potenciar a gestão pública rigorosa e responsável destas unidades, numa visão integrada não só para o sector da saúde, como para todo o tipo de PPP cujo encargo financeiro para o OE deste ano ultrapassa os 1,6 mil milhões de euros.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar