Publicidade

Diário Liberdade
Publicidade
Publicidade
Sexta, 30 Junho 2017 19:08 Última modificação em Quinta, 06 Julho 2017 00:10

Brasil tem segunda greve geral contra o governo golpista de Michel Temer

Avalie este item
(1 Voto)
País: Brasil / Laboral/Economia / Fonte: Diário Liberdade

O Brasil viveu, durante esta sexta-feira (30), sua segunda greve geral durante o governo de Michel Temer, fruto de um golpe de Estado ocorrido um ano atrás.

Desde as primeiras horas da madrugada, trabalhadores de todo o país se recusaram a ir ao trabalho, houve manifestações ao redor de fábricas e passeatas nas capitais e em cidades do interior dos estados.

As principais categorias aderirem à greve geral, como petroleiros, metalúrgicos, metroviários, rodoviários, bancários, professores, funcionários públicos, etc. Além disso, os sem terra e os sem teto também participaram em peso da mobilização, junto com os movimentos populares e estudantis.

Apesar da recusa de centrais como a Força Sindical e a UGT de convocarem suas bases para paralisarem as atividades (o que levou os ônibus municipais de São Paulo a circularem, por exemplo), a maior central do país, a CUT, assim como outras centrais mais combativas, como CTB, Conlutas e Intersindical, mobilizaram sua base neste dia de lutas.

Nas principais cidades foram realizados bloqueios e trancamento de vias, ocupação de aeroportos e redução do fluxo de pessoas. Em Brasília, por exemplo, o comércio, a indústria e os transportes ficaram paralisados durante todo o dia, com 100% de adesão dos trabalhadores.

Sindicatos, partidos de esquerda e os movimentos sociais organizaram as atividades que levaram centenas de milhares de pessoas às ruas do País para protestar contra as medidas do governo golpista de Michel Temer – como as reformas trabalhista e previdenciária e a terceirização.

Houve também a tradicional repressão das forças da ordem burguesa. Nos principais centros, um forte contingente policial tentou intimidar o povo em luta. Em algumas cidades, como São Paulo e Rio de Janeiro, a PM utilizou a violência para dispersar manifestantes, prendeu militantes e invadiu sindicatos.

Confira mais imagens do dia de mobilizações da greve geral:

 

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar