Publicidade

Diário Liberdade
Sábado, 08 Julho 2017 14:44 Última modificação em Quinta, 13 Julho 2017 00:24

Marcha do pessoal de Ferroatlántica contra a venda de centrais e destruiçom de empregos culmina com milhares nas ruas da capital galega

Avalie este item
(1 Voto)
País: Galiza / Laboral/Economia / Fonte: Diário Liberdade

A firma do alegado corrupto Villar Mir, indiciado por financiamento ilegal do Partido Popular, entre outras causas, poderá ser fatiada e vendida a umha multinacional norte-americana ou francesa.

Com o seu conselheiro delegado detido por financiamento irregular do PP em Madrid, Juan Miguel Villar Mir, um dos maiores acionistas do grupo multinacional Ferroglobe (ex-Ferroatlántica), tenciona vender as centrais hidroelétricas da Costa da Morte (rios Jalhas e Grande), se a Junta da Galiza o permitir.

400 postos de trabalho diretos e algumhas centenas mais indiretos estám em jogo na operaçom especulativa de Villar Mir, que quer segregar as atividades de ferroliga e produçom hidroelétrica na concessom vigorante desde os anos 90, para vender as hidroelétricas a umha empresa sem determinar, provavelmente Brookfield, de capital norte-americano, por umha quantidade de 153,4 milhons de euros, ou entom outra firma de capital francês.

A reaçom do pessoal foi iniciar greves, mobilizaçons e reclamar ao governo do PP, "amigo" do milionário Villar Mir, que nom autorize a segregaçom prévia à operaçom de venda de parte da companhia OHL. 'Águas da Galiza' é o organismo público que deve decidir sobre a possível operaçom financeira-empresarial.

Marcha desde Cee e mobilizaçom nacional em Compostela

Depois de vários dias de caminhada, centenas de trabalhadores e trabalhadoras chegárom a Compostela neste sábado, encabeçando umha mobilizaçom de milhares de apoiantes, incluindo forças políticas da oposiçom parlamentar e centrais sindicais.

A defesa dos postos de trabalho no setor conjugou-se com a reivindicaçom da soberania sobre a produçom e a proteçom do meio e recursos naturais galegos.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Publicidade

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar