Publicidade

Diário Liberdade
Quarta, 15 Março 2017 23:34 Última modificação em Sábado, 25 Março 2017 11:01

Terrorismo patrocinado: 40 pessoas mortas e 60 feridas em atentado dos "rebeldes" em Damasco Destaque

Avalie este item
(1 Voto)
País: Síria / Direitos nacionais e imperialismo / Fonte: Diário Liberdade

Segundo as informaçons de vários meios, um home terá feito rebentar um cinto de explosivos às portas do Palácio da Justiça da capital síria.

Um brutal atentado suicida serviu nesta quarta-feira para "comemorar" o sexto aniversário do início da guerra na Síria. Foi no Palácio de Justiça, situado no centro de Damasco, e dúzias de civis, por volta de 40, terám morrido pola açom terrorista dos "opositores" que dia a dia som promocionados nos media internacionais pró-imperialistas.

O suicida, fardado como mlitar, ia armado e recebeu o alto num controlo de acesso ao edifício oficial. Aí ele terá começado a correr para o interior do hall, fazendo rebentar o cinto de explosivos que levava envolto ao seu corpo.

O edifício, localizado perto da área comercial do centro de Damasco, tinha grande número de pessoas, a maioria civis, no interior no momento da explosom, sendo o principal alvo efetivo do ataque, segundo diversas fontes. De facto, o número de pessoas civis mortas estima-se no momento de escrevermos estas linhas em 25.

Nom foi o único ataque terrorista esta quarta na Síria nom submetida aos grupos opositores: A TV pública informou doutro ataque realizado por um home-bomba no interior de um restaurante na regiom de Al Rabua, no noroeste de Damasco, sem terem transcendido ainda dados sobre vítimas.

Continua assi a crescer o número de mortes numha longa guerra localizada na Síria, mas com participaçom de numerosos grupos de mercenários pagos por estados como o saudita, o israelita ou os EUA. Mais de 320 mil pessoas terám morrido e uns 11 milhons de pessoas terám sido obrigadas a se deslocarem longe dos seus lugares de residência antes da guerra.

Ainda neste sábado dia 11, dúzias de pessoas morrêrom, a maioria peregrinos procedentes do Iraque, num atentado no centro da capital, que foi reivindicado polo grupo terrorista Tahrir al-Sham, aliança da ex-filial síria da Al Qaeda, um setor da heterogénea oposiçom patrocinada polo imperialismo ocidental, cujos meios de comunicaçom oficiais se esforçam por silenciar ou diminuir a informaçom relativa a este tipo de ataques brutais.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar