Publicidade

Diário Liberdade
Domingo, 12 Agosto 2018 16:03 Última modificação em Domingo, 26 Agosto 2018 01:43

Faleceu em Paris o marxista egípcio Samir Amin, aos 86 anos de idade Destaque

Avalie este item
(2 votos)
País: Egito / Batalha de ideias / Fonte: Diário Liberdade

Mundialmente reconhecido como um dos grandes teóricos marxistas do nosso tempo, Samir Amin morreu este domingo em Paris.

Nascido em 1931 no Egito, de pai egípcio e mae francesa, Samir Amin era doutor em Economia e tinha formaçom em Ciência Política, dedicando toda a sua vida adulta ao estudo do capitalismo. Tendo trabalhado no Cairo no Instituto de Administraçom Económica nos anos 50, morou em diferentes países até se converter em diretor do Fórum do Terceiro Mundo em Dacar, no ano 1980.

Nos anos 60, fijo parte do Partido Comunista Francês, distanciando-se para apoiar a corrente maoista aquando da disputa sino-soviética. Conta com importantes estudos sobre a Lei do valor, o eurocentrismo, as relaçons centro-periferia, assi como sobre categorias discutidas no seio do marxismo contemporáneo, como "crise estrutural", "capitalismo senil" ou "intercámbio desigual". Também defendeu a tese da entrada, nos anos 60, numha nova fase do capitalismo, que chamou "de monopólio generalizado", muito além do incipiente descrito por Lenine em 1916.

Nos últimos anos, estudou o fenómeno do desenvolvimento chinês, a crise do capitalismo como civilizaçom e o acirramento dos confrontos imperialistas, sem deixar de analisar a dependência como fenómeno característico das relaçons entre centro e periferia do capitalismo mundial, nomeadamente as periferias africana, asiática e latino-americana.

Foi também crítico do islamismo, enquanto força colaboracionista do imperialismo norte-americano na regiom do Médio Oriente, definindo-o como "arma da globalizaçom", conseqüência da crise mundial do capitalismo.

Samir Amin participou em duas ocasions na Semana Galega de Filosofia, nas ediçons de 1989 e 2011.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar