Publicidade

Diário Liberdade
Domingo, 03 Julho 2016 11:37

UE prolonga sanções econômicas contra a Rússia

Avalie este item
(0 votos)
País: Rússia / Institucional / Fonte: Vermelho

Apesar do risco de perder mercado, a União Europeia (UE) decidiu estender por seis meses as sanções econômicas impostas a Rússia em julho de 2014, por causa de um conflito associado com Ucrânia.

Até 31 de janeiro de 2017 foram prolongadas as medidas coercitivas, sob o suposto de que Moscou descumpre seus compromissos com o acordo de paz de Minsk, alegou um comunicado da UE.

Continuarão sujeitos a restrições os setores financeiros, de defesa e energia, precisou o pronunciamento, depois de que na semana passada o bloco lembrasse a manutenção de restrições, até junho de 2017, para as empresas localizadas no atual território russo de Crimeia.

Sobre o anúncio, Moscou respondeu nesta sexta-feira que a UE "se arrisca a perder definitivamente uma série de importantes setores do mercado russo", segundo expressa um documento do ministério de Assuntos Exteriores.

As sanções europeias, argumenta a chancelaria russa, "têm um efeito negativo na situação econômica na Europa".

"Ao ceder às duras pressões (de Estados Unidos), Bruxelas castiga em primeiro lugar a seus próprios produtores. A reativação do crescimento econômico e a perda de postos de trabalho como resultado da política sancionada pela UE contra a Rússia está certificada por relatórios do Parlamento europeu", avalia Moscou.

Apesar dos efeitos negativos, a economia russa "obtém alguns êxitos ao reduzir sua dependência financeira, econômica e tecnológica dos países da União", agrega o texto.

Faz dois dias, o presidente russo, Vladimir Putin, prorrogou até fins de 2017 as medidas de resposta à UE, que proíbem a importação de todos os alimentos perecíveis procedentes dos países integrantes do bloco.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar