Publicidade

Diário Liberdade

Depois de analisar as imagens de ultrassom que chegam ao vivo e em alta definição, os médicos da província chinesa de Sichuan suspeitaram que o paciente podia ter o baço comprometido e deram instruções precisas aos paramédicos a mais de 200 quilômetros de distância.

Publicado em Mundo

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar