Publicidade

Diário Liberdade

[Jean-Luc Mélenchon; Tradução do Coletivo Vila Vudu] As declarações de Donald Trump antes de tomar posse e depois, no discurso de posse, põem abaixo toda uma estratégia mundial e, principalmente, planos de todos esses países aliados ou incluídos no velho dispositivo. Doravante, China e Europa entram na alça de mira do presidente dos EUA. Ao provocar os europeus com sua aprovação do Brexit e o anúncio de que espera que outros países também deixem para trás a União Europeia, Trump disparou abençoado tiro de canhão contra a bonita fachada do tal "diálogo transatlântico". E ao denunciar a chanceler Merkel e o papel dela, de domínio sobre toda a UE, mostrou que o rei está nu e apanhando bem ali onde mais dói. Violência jamais vista nos anais da diplomacia internacional.

Publicado em Mundo
Domingo, 13 Novembro 2016 13:29

Trump: primeiras ondas de choque

[Russiepolitics; Tradução do Coletivo Vila Vudu] "Em resumo, a Europa acorda com medo: perdeu o hábito de se autogovernar e os atuais governantes sequer são capazes de governar alguma coisa. Alemanha começa a compreender a amplidão da mudança que pode acontecer e entra em pânico; a ministra da Defesa, totalmente histérica, praticamente insulta o novo presidente dos EUA, pela mídia."

Publicado em Mundo
Sábado, 25 Junho 2016 03:13

Brexit: covardia transparente

[Rafael Silva] A Primeira Guerra Mundial, antes de acontecer, disse o filósofo Henri Bergson, era “ao mesmo tempo provável e impossível”. Depois de eclodida, entretanto, ela se mostrou absolutamente possível; e a sua probabilidade, apenas a limitação das análise conjunturais prévias. Conforme outro filósofo, Slavoj Žižek, “do ponto de vista retroativo o mesmo processo parece inteiramente determinado e necessário, sem abertura para alternativas”.

Publicado em Opiniom Própria

A demanda, promovida por AGAMME (Asociación Galega contra o Maltrato a Menores), a Rede de Mulleres Veciñais contra os Malos Tratos de Vigoe o Grupo de Investigación Antígona da Universidade Autónoma de Barcelonadenuncia unha praxe xudicial asentada que non se axusta aos estándares europeos de atención a vítimas de especial protección, como son as de violencia de xénero e de maltrato infantil e, facendo mención aparte, as vítimas de violencia sexual menores de idade.

Publicado em Galiza

"Há 77 anos, o Congresso dos Estados Unidos, ao pedido de receber crianças judaicas órfãs temporariamente, respondeu oficialmente: 'Hospedar crianças sem os pais seria contra as leis de Deus'."

Publicado em Mundo

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar