Publicidade

Diário Liberdade
Terça, 10 Abril 2018 12:07

Uma primavera de milhões de Lulas

Em 1958 foi descoberta, quase por acaso e em sua própria casa, a cronista e poeta da favela, Carolina Maria de Jesus, que se encarregou de retratar seu dia a dia em seu diário: a vida nas favelas do Brasil. Uma realidade crua, de miséria, de abuso, de exclusão, e uma realidade também de sonhos, de lealdade e de amor puro. Muito pouco conhecida na América Latina, Carolina Maria de Jesus traduziu em suas letras a essência dos subúrbios brasileiros, os mesmos que em fervente amor têm saído às ruas para defender um operário que os dignificou e lhes devolveu a voz e o poder dos sonhos: Lula.

Publicado em Opiniom Própria
Segunda, 09 Abril 2018 23:30

Quando o povo libertou Chávez

[Eduardo Vasco] Final da noite de 11 de abril de 2002. A oposição, que havia tramado o golpe por mais de um ano, encurrala Chávez dentro do Palácio de Miraflores, sede do governo, em Caracas. O dia havia sido de uma grande encenação trágica na qual a direita golpista – militares, empresários, políticos opositores, imprensa e o dinheiro dos EUA – executara uma carnificina a fim de culpar o governo e, assim, derrubar Chávez.

Publicado em América Latina

Desde o último sábado (07/04), quando, apesar da grande resistência da militância de base do PT (Partido dos Trabalhadores), o ex-presidente decidiu se entregar e foi preso ilegalmente pelos golpistas, militantes se reuniram para recepcionar Lula em frente à Justiça Federal do Paraná (o lar do juiz golpista Sérgio Moro, o Mussolini de Maringá). Rapidamente a manifestação reuniu mais de mil militantes, enquanto os coxinhas, na rua ao lado, não reuniam 80 pessoas. Bastou o helicóptero com o ex-presidente chegar, a PM iniciou sua brutal, criminosa e tradicional repressão, jogando bombas no meio da manifestação em defesa de Lula, onde haviam crianças e idosos.

Publicado em Brasil

Em declarações ao site uruguaio Montevideo Portal, neste domingo (8), o dirigente do Movimento de Participação Popular (MPP), Julio Marenales, afirmou que a prisão do ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva está ligada a atividades da Agência Central de Inteligência dos EUA (CIA) para derrotar os governos e partidos de esquerda na América Latina.

Publicado em Brasil
Domingo, 22 Abril 2018 02:53

Para tempos fascistas

[João Pedro Moraleida] Pasolini num texto chamado "Os jovens infelizes" faz uma série de colocações e questionamentos sobre o que denominava de "novo fascismo" da sociedade italiana na dec. de 70. Identificava esse movimento como um não exterminío do fascismo passado; junto a uma política clériga; a consolidação da sociedade de consumo de massa e, as responsabilidades dos pais e filhos - históricos - na colaboração continuada do fascismo, por não o terem eliminado de vez; por ainda afirmarem que a única história possível é a história burguesa; pela massificação das histórias e das lutas dos trabalhadores e pobres italianos. Tudo isso, de acordo com P.P., corroborado pela classe intelectual e culta, os pais, que agora assistem a condenação de seus filhos e de si mesmos com a emergência desse "novo fascismo". Nesse texto de 1975, alguns trechos podem nos servir como plataforma estratégica, não somente de ação, mas talvez uma estratégia de pensamento e reflexão política.

Publicado em Brasil

[Raúl Zibechi, Tradução do Diário Liberdade] A votação dos onze ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), na noite de quarta-feira (4) [e a prisão decretada, com a consequente consumação neste sábado (7), NT], supõe o fim da carreira política de Luiz Inácio Lula da Silva, tal como desejavam os militares, os grandes empresários, o governo dos EUA e um setor importante da sociedade brasileira.

Publicado em Brasil

Reproduzimos a nota da Central Única dos Trabalhadores (CUT), repudiando a prisão ilegal e inconstitucional do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, decretada na quinta-feira (5) e acatada neste sábado por Lula.

Publicado em Brasil

Após a condução de um julgamento farsesco, cujo último episódio foi a confirmação pelo colegiado do Supremo Tribunal Federal da possibilidade de prisão após condenação em segunda instância, negando a possibilidade de habeas corpus no caso de Lula, o juiz Sérgio Moro expediu um mandado de prisão contra o ex-presidente, exigindo que ele se apresente voluntariamente para a Polícia Federal de Curitiba até a tarde de hoje. Não precisamos nos alongar com a exposição das inúmeras arbitrariedades cometidas durante todo o processo do caso de Lula. Em mais de uma ocasião, a União Reconstrução Comunista denunciou o caráter desta investigação e julgamento como instrumentos para a consolidação do Golpe de Estado, tendo na Polícia Federal, Ministério Público, e em figuras chave do poder Judiciário, como o próprio juiz Sérgio Moro, agentes vulgares dos interesses imperialistas e de seus aliados locais em nosso país.

Publicado em Brasil

O Partido Comunista Brasileiro (PCB) manifesta seu repúdio à prisão do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, tendo em vista ser esta resultado de um processo viciado, com manipulações e seletividade durante todo o processo. O julgamento do pedido de Habeas Corpus ocorreu diante de avassaladora pressão da mídia, especialmente a rede Globo, do governo federal e dos militares, todos com o objetivo de prender Lula e retirá-lo da disputa eleitoral.

Publicado em Brasil

Lula está preso em Curitiba. O Diário Liberdade continua a cobertura da mobilização popular e operária contra a repressão e perseguição política do regime golpista brasileiro.

Publicado em Brasil

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar