Publicidade

Diário Liberdade
Terça, 27 Junho 2017 01:20

Despedida para o John, um amigo e camarada

Avalie este item
(2 votos)
Mauricio Castro

Clica na imagem para ver o perfil e outros textos do autor ou autora

Discurso pronunciado no dia 24 de junho de 2017 no Cemitério de Santa Icia de Trasancos, Narom, no ato civil de despedida a Joám Paz Lopes, John (1967-2017).


Conhecim o John a inícios dos anos 90, quando éramos dous rapazes de vinte e poucos anos.

Alguns aqui já o conhecíades de antes, outros conheceste-lo mais tarde, porque desde aquela, como nós, ele nunca mais abandonou o seu compromisso vital com este povo e com a sua língua.

Sabíamos desde sempre da sua fraca saúde, que ele tratava como umha companheira inseparável e com umha atitude de permanente dignidade. Assi foi até o seu derradeiro dia.

Vimo-lo assumir durante anos responsabilidades na direçom da sua amada, a Fundaçom Artábria. Levar as contas, atender o balcom no Festival da Terra e da Língua... sempre crítico implacável e bem-humorado de todo o que se fazia mal... e inclusive de algumha cousa se fazia bem. Ainda limitado pola saúde, ele estava sempre disponível para o trabalho coletivo.

Vimo-lo mesmo fazer frente com toda a fortaleza das suas convicçons à ameaça física da polícia em mais de umha manifestaçom, porque, como sabedes, o John era um firme defensor da independência da Galiza e inimigo declarado de Espanha e do capital.

As suas limitaçons físicas nom o levárom nunca à resignaçom e luitou também por se incorporar ao mercado de trabalho. Como tantos de nós, provou o sabor amargo da emigraçom.

Felizmente, pudo regressar para viver os seus últimos anos, ainda novo como era, junto aos seus pais, irmao, irmá e a todos nós.

Ainda tivemos tempo de desfrutar de boas conversas com ele durante estes últimos anos.

Às vezes, tenho dúvidas sobre se as nossas luitas vitais por um mundo melhor valem a pena ou se devemos limitar-nos a padecer umha história fora do nosso controlo; mas a vida do nosso John está aí para nos lembrar que, apesar das limitaçons que a história nos impom, a emancipaçom humana é possível.

Nom som os grandes nomes que venhem nos manuais escolares os que fam a história. Som vidas simples de milhons de pessoas, como o John, comprometidas com o seu país e com o ser humano, as verdadeiras protagonistas da emancipaçom da Galiza e da Humanidade.

Até sempre, John!

john

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar