Publicidade

Diário Liberdade
Segunda, 26 Março 2018 07:31 Última modificação em Sexta, 30 Março 2018 18:01

Vídeo: a histórica amizade da Coreia do Norte com Angola e Moçambique

Avalie este item
(1 Voto)
País: Coreia do Norte / Direitos nacionais e imperialismo / Fonte: Juche TV

A mídia internacional disse recentemente que a Coreia Popular tem conseguido ajuda de países africanos para driblar o bloqueio criminoso imposto pelos EUA e seus lacaios. Embora muito do que se diga não passe de difamações para pressionar uma ruptura nas relações da Coreia com esses países, é provável que parte dessas histórias seja verdadeira.

Isso porque muitos países africanos têm uma certa dívida histórica com Pyongyang. É o que narra um vídeo do canal em português Juche TV, dedicado à República Popular Democrática da Coreia.

Desde os anos 50 a Coreia do Norte sempre apoiou a independência dos países da África e a união dos povos do terceiro mundo. A partir dos anos 60, além do apoio diplomático e político, o país enviou soldados e armas para lutarem lado a lado com os combatentes anticoloniais de várias nações africanas, assim como forneceu treinamento militar em território coreano.

Em Angola, houve apoio armado e logístico ao MPLA na luta de libertação e na guerra civil contra os mercenários financiados pelo imperialismo. Como resultado da exitosa empreitada, as relações diplomáticas entre os dois países começaram no mesmo dia em que foi declarada a independência de Angola. Estima-se que 3 mil soldados e milhares de conselheiros militares norte-coreanos forneceram ajuda ao governo angolano após a independência para lutar contra os mercenários e as ambições invasoras do regime de Apartheid sul-africano.

Em 1986, 1.500 militares norte-coreanos operavam em Angola. Atualmente, as relações entre Pyongyang e Luanda são muito boas e existe cooperação nas áreas política, econômica, militar e informática. Também na área da saúde, onde há cerca de 180 médicos norte-coreanos espalhados por território angolano. O presidente da Assembleia Popular Suprema e expoente norte-coreano nas relações internacionais, Kim Yong Nam, visitou Angola em 2008. Além disso, a Coreia Democrática encabeça obras de construção civil no país, como o Memorial António Agostinho Neto e o recém-remodelado Memorial da Batalha de Cuito Cuanavale.

A Coreia do Norte também é a responsável pela estátua em homenagem a Samora Machel. O governo moçambicano também batizou uma avenida na capital, Maputo, com o nome do presidente norte-coreano Kim Il Sung, devido a seu apoio à luta pela independência de Moçambique.

Em 2016, uma delegação do partido que liderou a luta de libertação, a Frelimo, se reuniu com membros do Partido do Trabalho da Coreia em Pyongyang para estreitar a cooperação política.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar