Publicidade

Diário Liberdade
Quinta, 22 Setembro 2016 00:05 Última modificação em Domingo, 25 Setembro 2016 16:40

FMI pede privatizações e precariedade laboral em Cabo Verde Destaque

Avalie este item
(1 Voto)
País: Cabo Verde / Laboral/Economia / Fonte: Diário Liberdade

O Fundo Monetário Internacional disse nessa quarta-feira, 21, que a economia cabo-verdiana começa a dar sinais de recuperação, mas aproveitou para "avisar" de uma alegada situação financeira difícil das empresas públicas.

Ulrich Jacoby, que lidera a equipa do Fundo Monetário Internacional (FMI), que terminou ontem uma missão arquipélago, voltou a reiterar a necessidade de o Governo da Praia reduzir uma dívida pública "muito alta" (126% do Produto Interno Bruto) que, nos últimos anos, combinada com os baixos índices de crescimento económico "deteriorou consideravelmente os rácios e aumentou" o risco financeiro do país, segundo o organismo imperialista.

Jacoby recomendou acabar com o uso de recursos do Orçamento do Estado para sustentar as empresas públicas. O FMI, então, "sugere" (em verdade, chantageia) a privatização de setores chave da economia nacional, com destaque para a companhia aérea de bandeira, a TACV. As medidas do FMI visam aumentar o campo de exploração capitalista e lucratividade em Cabo Verde, tal como fizeram nas últimas décadas em todos os países em que influiu, sob o falso pretexto de apoiar o desenvolvimento da nação africana.

Ulrich Jacoby defendeu também a precarização do "mercado laboral", considerando o novo código do trabalho, que deverá entrar em vigor no próximo mês, "um passo na direção certa" de adaptar as relações trabalhistas às necessidades da acumulação capitalista, implicando piores condições de vida das e dos trabalhadores.

Inclui informações da VOA.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar