Publicidade

Diário Liberdade
Sexta, 19 Mai 2017 17:02 Última modificação em Domingo, 21 Mai 2017 17:19

Maduro reitera repúdio ao governo Temer

Avalie este item
(1 Voto)
País: Brasil / Reportagens / Fonte: AVN

O presidente da República, Nicolás Maduro, reiterou nesta quinta-feira seu rechaço ao governo de fato do Brasil, após a revelação da gravação que mostra como Michel Temer, mandatário ilegítimo, comprava o silêncio do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, para ocultar casos de corrupção na Petrobras.

"Todos aqueles que deram o golpe de Estado na presidenta legítima do Brasil, Dilma Roussef, todos foram julgados, destituídos, pela corrupção mais horripilante que se conhece na América Latina (...) Ontem apareceram umas gravações (...) onde o atual presidente do fato, Michel Temer, fala de subornos, de pagamento de comissões e de coisas terríveis", disse o chefe de Estado.

Maduro destacou a resistência do povo brasileiro, que saiu às ruas para exigir a renúncia de Temer.

"O povo brasileiro foi para as ruas do Rio de Janeiro, São Paulo, exigir eleições diretas já. Desmorona o golpe de Estado e o governo de fato no Brasil, produto da corrupção", disse.

Segundo o jornal O Globo, uma conversa de Temer com os empresários do grupo JBS JBS, Joesley Batista e Wesley Batista, mostra que o presidente brasileiro deu aval para comprar o silêncio do ex-parlamentar.

"Tem que manter isso, viu?", disse Temer no áudio revelado nesta quarta-feira e citado por meios de comunicação internacionais. Cunha – que renunciou em julho de 2016 – foi quem impulsionou o julgamento político contra a presidenta Dilma Rousseff.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar