Publicidade

Diário Liberdade
Sábado, 09 Setembro 2017 19:46 Última modificação em Quarta, 13 Setembro 2017 20:02

Furacão Irma provoca destruição maciça nas Caraíbas

Avalie este item
(0 votos)
País: América Latina / Consumo e meio natural / Fonte: Esquerda

Devido às altas temperaturas do mar, o furacão Irma mantém a sua força e é considerado "extremamente perigoso". 90% das casas na ilha Barbuda foram destruídas. Foram registadas 13 mortes até ao momento.

Depois de devastar as ilhas de Antígua e Barbuda, bem como as Ilhas Virgens Britânicas, o furacão Irma mantém a sua rota através das Caraíbas em direção ao estado norte-americano da Florida.

Neste momento na costa da República Dominicana, a tempestade de categoria 5 deverá passar por Cuba e as Bahamas em direção aos Estados Unidos da América, afetando ambas as ilhas de forma direta.

A tempestade é considerada “extremamente perigosa” devido aos ventos de 290 quilómetros por hora que causaram a destruição de 95% das habitação da zona francesa da ilha St. Martin. Na Barbuda, 90% dos edifícios foram destruídos e 50% da população está desalojada.

Não só o Irma é particularmente forte como tem uma longevidade fora do normal, não havendo registo de nada semelhante desde que a monitorização por satélite teve início nos anos 60 do século XX.

Pelo menos três pessoas morreram no Porto Rico, e uma criança morreu na Barbuda. Em Anguilla foi registada uma morte e outras quatro pessoas morreram no território francês de St. Martin.

No Porto Rico, quase um milhão de pessoas estão sem eletricidade e 50 mil sem acesso a água potável. Milhares de pessoas permanecem em abrigos.

Enquanto o furacão não chegar a terra as altas temperaturas do mar na região deverão continuar a alimentar a energia da tempestade que, se mantiver a atual trajetória, só se deverá dissipar na Carolina do Sul.

O governador da Florida declarou já o Estado de Emergência e decretou a evacuação das zonas costeiras mais expostas à subida do mar e às possíveis inundações.

Donald Trump declarou que as Ilhas Virgens Americanas são oficialmente um local de Desatre, alocando assim recursos financeiros para as ilhas. Paralelamente, o governo britânico disponibilizou 32 milhões de libras de ajuda de emergência para as Ilhas Virgens britânicas, bem como regimentos de engenheiros e recursos militares para ajudar na reconstrução.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar