Publicidade

Diário Liberdade
Sábado, 14 Julho 2018 09:28 Última modificação em Sexta, 20 Julho 2018 00:36

Maduro denuncia intenção da Colômbia de infiltrar paramilitares na Venezuela

Avalie este item
(2 votos)
País: Venezuela / Direitos nacionais e imperialismo / Fonte: AVN

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, denunciou nesta quinta-feira a intenção do governo da Colômbia de querer infiltrar paramilitares dentro do território nacional, com o objetivo de gerar desestabilização na zona fronteiriça e provocar um conflito.

✍️ Inscreva-se em nosso canal no Youtube e acompanhe o programa Conexão Caracas, todos os sábados às 18h (de Brasília) direto da Venezuela 

O mandatário disse que a oligarquia colombiana está por trás destes planos em conjunto com o governo dos Estados Unidos (EUA).

"Vêm infiltrando grupos de paramilitares na fronteira para fazer dano na população venezuelana que vive na nossa amada terra, em nosso território e para tentar instalar um conjunto de provocações", comentou durante cerimônia de passagem de comando das forças militares, no Forte Tiuna, em Caracas.

Maduro pediu que a Força Armada Nacional Bolivariana (Fnab) esteja em alerta máxima.

"Reitero a denúncia e reitero a ordem ao Estado Maior conjunto, ao Alto Comando Militar, alerta máxima para garantir a paz, a soberania e a integridade territorial e que nenhum falso positivo da oligarquia colombiana possa conseguir seu objetivo", destacou.

O presidente venezuelano ressaltou que a Venezuela sempre buscou a paz entre os dois povos e continuará assim, apesar dos planos de grupos adversos ao governo bolivariano.

Estes planos dos EUA e da direita colombiana foram condenados e denunciados pelo chefe de Estado venezuelano, e subestimados pela campanha midiática promovida pela direita nacional e internacional.

Para blindar a defesa do país, Maduro pediu uma vez mais a união cívico-militar entre os venezuelanos e a Fanb.

"Tenho certeza almirantes, generais e oficiais, que mais uma vez a união cívico-militar do povo e da Força Armada (Fanb), que mais uma vez a grande capacidade operativa e profissional da Força Armada Nacional Bolivariana, fará que triunfe a paz, porque nossa vitória sempre será a paz; a paz com pátria, a paz com igualdade, a paz com vida", destacou.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar