Publicidade

Diário Liberdade
Quarta, 24 Outubro 2018 09:19 Última modificação em Sábado, 03 Novembro 2018 13:07

EUA financia ações subversivas em Cuba

Avalie este item
(1 Voto)
País: Cuba / Direitos nacionais e imperialismo / Fonte: Prensa Latina

Como parte de seu plano de subversão contra Cuba, a Fundação Nacional para a Democracia (NED), dependente do Governo estadunidense, destinou quase quatro milhões de dólares em 2017 para atacar o sistema sóciopolítico na ilha.

A NED foi criada em 1983 pelo então presidente Donald Reagan e vinculada em numerosas ocasiões a operações da Agência Central de Inteligência.

Segundo seu último relatório anual, citado pelo portal digital Cuba Money Project, a fundação entregou 125 mil dólares ao Observatório Cubano de Direitos Humanos para monitorar as supostas violações no país, com o fim de ser utilizadas pela comunidade internacional contra Havana.

Com o mesmo fim doou 85 mil dólares à International Platform for Human Rights in Cuba, 90 mil à Foundation for Human Rights in Cuba e 100 mil a Human Rights.

A lista de meios de comunicações e ONG vinculadas que foram financiados no passado ano para atacar à Revolução cubana incluem o portal digital Diário de Cuba, com 220 mil dólares; o Instituto Cubano pela Liberdade de Expressão e Imprensa, com 140 mil; o Instituto Imprensa e Sociedade, 60 mil; e CubaNet News, 225 mil.

A NED também forneceu altas cifras a grupos da chamada 'sociedade civil' que procuram abertamente derrubar ao sistema sóciopolítico, e conceituados mercenários pelo Governo cubano.

Entre estes se destacam o Center for a Free Cuba, que recebeu 105 mil dólares; o Instituto de Liderança Simone de Beauvoir AC, com 100 mil; e o Center for International Private Enterprise, com pouco mais de 193 mil. Através da Christian Solidarity International canalizaram-se mais de 66 mil dólares para capacitar 'a grupos religiosos e ativistas da sociedade civil'.

Outros programas incluíram 55 mil dólares para os que definem como cineastas independentes, 24 mil para dar cobertura legal a supostos ativistas e quase 68 mil para 'promover um debate público sobre uma transição em Cuba'.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar