Publicidade

Diário Liberdade

[Nuria Barbosa León] Para ajudar na educação popular e nos processos comunitários sobre problemas de sexualidade, identidade de gênero, saúde e direitos sexuais e outros assuntos relacionados, funciona em Cuba o Centro Nacional de Educação Sexual (Cenesex), fundado em 28 de dezembro de 1988.

Publicado em América Latina

[Lisandra Fariñas Acosta] Dedicada, nesta edição, à prevenção do bullying ou acosso homofóbico nos espaços escolares, a 10ª Jornada cubana contra a Homofobia e a Transfobia — que começou no dia 3 de maio e concluirá no dia 20 — pretende ser uma oportunidade para nos educar, compreender e debater, mais uma vez, acerca dos preconceitos que ainda persistem na sociedade cubana.

Publicado em América Latina

Dende a Asociación cultural FestiVal das Brétemas decidiron traballar na súa V edición, neste 2016, baixo "bre-TEMA" Corpos e Sexualidades. 

Publicado em Galiza

As militantes de Isca! explicam que "acreditamos na (auto)formación como unha das ferramentas precisas para loitarmos contra o modelo de vida e de relacións que nos impón o sistema, mellorando a nosa capacidade de acción política e militante para así transformar a realidade que nos tocou vivir. Acreditamos en que aprender sempre é a mellor maneira de avanzarmos, construindo alternativas aos poderes que nos queren ignorantes e sumisas.

Publicado em Galiza
Terça, 12 Julho 2016 15:26

A mídia como bode expiatório?

Nas conversas de boteco, a mídia sempre é culpada por tudo o que é mal compreendido. Os que ganham o pão na TV, publicidade, cinema ou fazendo revistas – especialmente as femininas – sabem que quando a pauta da conversa é juventude hiper-sexualizada, eles serão os principais acusados. É um fato que, frente aos problemas da sociedade, é muito difícil discriminar a influência de uma fonte de informação sem considerar a contaminação por outras (lembro agora os outdoors da Playboy que todos os turistas que vinham a Brasil fotografavam como exemplo de exposição involuntária das belezas locais).

Publicado em Mundo

[Rafael Silva] Depois de o Brasil ter se sensibilizado coletivamente com a jovem carioca de 16 anos estuprada por 30, 33 ou 36 homens em uma favela do Rio de Janeiro, e se apavorado com as centenas de comentários misóginos pró-estupro que pipocaram nas redes sociais –espécie de sobre estupro contra as mulheres em geral-, relatos de alguns dos envolvidos no estupro coletivo e de amigos da vítima põe em cheque a veracidade do fato. Não que o estupro em si mesmo deva ser relativizado, barbárie machista e extrema que é e sempre será. Porém, a sensibilização imediata e massiva da sociedade brasileira ao estupro que pode nem ter ocorrido revela uma ferida machista viva e exposta em torno desse assunto que, ao menor toque, dói muito, e coletivamente.

Publicado em Opiniom Própria

Juristas de diversos cantos do Brasil se reunirão para discutir os assuntos mais relevantes para a defesa dos direitos de lésbicas, bissexuais, travestis, mulheres transexuais, homens trans e pessoas intersexuais. São pesquisadoras e pesquisadores comprometidos com a produção de um conhecimento efetivamente compromissado com a transformação da realidade e com um diálogo aberto e plural. 

Publicado em Brasil

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar