Publicidade

Diário Liberdade
Terça, 13 Março 2018 00:56 Última modificação em Sexta, 16 Março 2018 16:55

Cuba: massiva participação nas eleições gerais

Avalie este item
(0 votos)
País: Cuba / Institucional / Fonte: PCB

[Resumen Latinoamericano] A massiva participação dos eleitores marcou hoje a segunda etapa das eleições gerais em Cuba, onde as urnas foram custodiadas por estudantes das escolas primária e secundária.

Durante quase 12 horas, as urnas eleitorais permaneceram sob cuidado de milhares de jovens e adolescentes, num ambiente muito diverso ao de outros países, onde são policiais e representantes das forças armadas que desempenham este papel.Segundo o último boletim da Comissão Eleitoral Nacional (CEN), até as 17:00, hora local, deste domingo, quase sete milhões de cubanos exerceram seu direito ao voto, cifra que representa 78,5 por cento dos convocados.

A CEN concederá uma coletiva de imprensa para informar sobre os resultados finais das eleições.

De acordo com o primeiro vice-presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, ao exercer seu direito ao voto, o povo está defendendo sua soberania diante das ameaças contra a Revolução, em meio a uma conjuntura mundial complexa.

Logo após participar das eleições genrais em um colégio da cidade central de Santa Clara, Díaz-Canel se referiu ao recrudescimento da política de Washington frente Havana depois da chegada ao poder do presidente Donald Trump e rechaçou a decisão da Casa Branca de retomar os postulados da Doutrina Monroe (referente à dominação estadunidense na América Latina).

Com nosso voto demostramos que esta pátria segue sendo independente, livre, soberana e socialista, afirmou após saudar os eleitores, pioneiros e integrantes da mesa eleitoral.

Em outro momento, o alto funcionário asseverou que participar do sufrágio representa um compromisso com a geração histórica que forjou a Revolução e é um tributo a seu líder histórico Fidel Castro, assim como um apoio ao presidente Raúl Castro.

De sua parte, o presidente da Assembleia Nacional do Poder Popular (Parlamento), Esteban Lazo, enfatizou a necessidade de ratificar nas urnas a unidade do povo cubano frente às agressões externas contra o processo revolucionário.

Ao exercer seu direito ao voto na jornada das eleições gerais celebrada em Cuba neste domingo, Lazo comentou que, diante das ações intervencionistas provenientes do exterior, o melhor remédio é a unidade.

Assim mesmo, reiterou seu chamado a não ceder frente aos embates da atual administração da Casa Branca, encabeçada por Trump.

Na segunda etapa do processo eleitoral, foram habilitados 24 mil e 470 colégios eleitorais nos 168 municípios de Cuba e mais de 38 mil jovens votaram graças a sua inclusão no recenseamento da nação caribenha após completarem 16 anos de idade.

Neste proceso 605 indivíduos se lançaram candidatos a deputados ao Parlamento e mil e 265 a delegados às Assembleias Provinciais do Poder Popular.

Como novidade, neste ano somou-se a figura do colaborador, função que assumiram mais de 17 mil alunos de nível médio e universitário com o propósito de contribuir para o aperfeiçoamento do sistema eleitoral cubano.

Segundo lo previsto, no próximo dia 25 de março serão constituídas as Assembleias Provinciais do Poder Popular, e o Parlamento cubano se reunirá em 19 de abril.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar