Publicidade

Diário Liberdade
Quarta, 31 Outubro 2018 15:38 Última modificação em Segunda, 12 Novembro 2018 10:12

Poluição do ar matou mais de 125 mil crianças na Índia

Avalie este item
(1 Voto)
País: Índia / Consumo e meio natural / Fonte: Prensa Latina

A Índia lidera a lista de mortes provocadas pela poluição do ar a menores de cinco anos, com mais de 125 mil crianças moras em 2016 por essa causa, um quinto dessas mortes em todo o mundo.

Isto é segundo um novo relatório publicado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) titulado 'Poluição do ar e saúde infantil: Prescrição de ar limpo', que examinou o impacto da poluição do ar tanto no ambiente (exterior) como em casa sobre a saúde das crianças.

O relatório foi lançado ontem na primeira Conferência Mundial sobre Poluição do Ar e Saúde da OMS, indicou o portal News18.

A poluição do ar no interior das casas, resultado da queima de combustíveis fósseis como carvão, causou a morte de 67 mil crianças menores de cinco anos na Índia, enquanto a contaminação do ar exterior, como aquela causada pelos veículos, provocou quase 61 mil mortes nessa faixa etárea em 2016 na Índia, disse o estudo.

Dos países que o relatório pesquisou, a Índia teve as mortes prematuras mais altas entre crianças menores de cinco anos devido à contaminação do ar exterior em 2016 e a segunda maior pela exposição à contaminação do ar nas casas, seguida da Nigéria.

As crianças são especialmente vulneráveis e susceptíveis à poluição do ar, especialmente durante o desenvolvimento fetal e em seus primeiros anos de vida. Seus pulmões, órgãos e cérebros ainda estão amadurecendo. Respiram mais rápido que os adultos, tomam mais ar e com isso mais contaminantes, indicou o relatório.

As crianças também vivem mais perto do chão, onde alguns contaminantes atingem concentrações máximas.

Podem passar muito tempo fora, brincando e realizando atividade física com ar potencialmente poluído. Já os recém-nascidos e os bebês passam a maior parte de seu tempo na parte de dentro da moradia, onde são mais susceptíveis à contaminação do ar em casa.

Os menores também passam muito tempo para perto de suas mães enquanto elas cozinham com combustíveis e dispositivos poluentes. Seus corpos e especialmente seus pulmões em desenvolvimento são mais vulneráveis à inflamação e outros problemas causados pelos poluentes. 'O ar contaminado está envenenando milhões de crianças e arruinando suas vidas', disse o doutor Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor geral da OMS. Isto é imperdoável. Todas as crianças devem poder respirar ar puro para que possam crescer e desenvolver todo seu potencial, apontou.

Na capital da Índia, Nova Deli, o ar continua esta semana na categoria 'muito pobre', com um índice de qualidade (AQI) geral de 348, estabelecido na segunda-feira.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar