Publicidade

Diário Liberdade
Terça, 17 Mai 2016 15:31 Última modificação em Sexta, 20 Mai 2016 12:11

[Galeria] Milhares manifestam-se em Compostela em defesa do galego Destaque

Avalie este item
(5 votos)
País: Galiza / Reportagens, Língua/Educaçom / Fonte: Diário Liberdade

Sucesso do bloco do reintegracionismo, que participava unido na manifestaçom reivindicativa de hoje (17 de Maio) na capital.

Milhares de pessoas manifestárom-se hoje (17 de maio) em Compostela, no Dia das Letras Galegas e em defesa do idioma. Os e as manifestantes reclamárom maior presença do galego, ao grito de "Na Galiza, em galego", igual que reclamárom "independência" e "autodeterminaçom" para a Galiza. A manifestaçom partiu passado o meiodia da Alameda compostelana, para atravessar diferentes ruas da cidade no seu percurso para a praça da Quintá, que acabou cheia. Ao longo de todo o percurso fôrom constantes as referências ao processo de exterminaçom que o espanholismo desenvolve contra o galego, com o Partido Popular como cabeça política mais visível através das suas sucursais autonómicas e também da central madrilena.

No ato final da Quintá, houvo intervençons de pessoas como Jurjo Souto, Marcos Maceira (presidente da MNL) ou Mini e Mero, Fran Amil e a Tribo Incomprensíbel, entre outros, alternando-se as intervençons faladas com peças musicais. Saleta Goi, viúva de Manuel Maria, mostrou o seu apoio à manifestaçom através de umha nota, por assistir simultaneamente os atos em Outeiro de Rei, local natal do autor homenageado nesta ediçom.

Dúzias de coletivos aderirom a mobilizaçom, para além da convocante Queremos Galego, juntando-se hoje em Compostela umha grande parte dos coletivos que dia após dia estám na primeira linha de defesa e promoçom de galego.

Unidade reintegracionista

Também houvo sucesso da convocatória reintegracionista, que juntou um bloco numeroso com centenares de participantes ao que aderiram, na meia noite do dia 16, Associaçom de Estudos Galegos, AGAL, Fundaçom Artábria, A Gentalha do Pichel, CS Gomes Gaioso, CS A Revolta, CS Faísca, CS Fuscalho, CS Xebra, CS Mádia Leva, Coletivo Terra, Semente Trasancos, Semente Compostela, Semente Lugo, Erguer - Estudantes da Galiza, Briga e, também, o Diário Liberdade. Sob a frase de Manuel Maria "Gostaria que se utilizasse a ortografia do português, conservando o nosso próprio idioma", o reintegracionismo participou unido nesta convocatória, conseguindo umha forte visibilidade.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Publicidade

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar