Publicidade

Diário Liberdade

Os recentes ataques do MBL e os estímulos às agressões contra as ocupações secundaristas no Paraná mostram claramente que este grupo financiado pelo imperialismo norte-americano, se não é um grupo fascista acabado, é um embrião para a criação de organizações fascistas.

Publicado em Brasil

O documental proxectarase hoxe martes, ás 20h, no Espazo en Común (As Burgas, 8). Camilo de Dios é a última testemuña viva en Galicia da guerrilla antifranquista. O traballo recupera a historia de milleiros de homes e mulleres que loitaron pola xustiza e a liberdade.

Publicado em Galiza

O grupo de Memoria Histórica da CNT Galiza que organiza, xunto coa Sociedade Histórica e Cultural «Coluna Sanfins» de Lousame a homenaxe á Coluna Sanfins, lanzou unha campaña de financiamento do monumento popular dedicado a estas persoas que en 1936 se organizaron para loitar pola liberdade contra o golpe militar fascista.

Publicado em Galiza

"Aristides era um homem como qualquer outro simplesmente que num desses cruzamentos que nos sabe pôr a vida não reagiu como a maioria" começa-nos dizendo Victor Lopes,um argentino com nacionalidade portuguesa que confessa "assim como alguns portugueses me dão vergonha e pelo qual peço desculpa ao mundo inteiro, há também outros, como Aristides de Sousa Mendes que é o orgulho de um Portugal moderno e vigoroso que respeita os direitos humanos e rejeita qualquer tipo de autoritarismo e ditadura".

Publicado em Portugal

Milhares de antifascistas promoveram no último domingo, 9 de outubro, nas ruas de Londres, um ato multitudinário na passagem dos 80 anos da Batalha de Cable Street¹.

Publicado em Mundo

O Grupo de Memoria Histórica da CNT Galiza vén de publicar un libro que trata da mobilización obreira en defensa da liberdade trás o golpe fascista de 1936 iniciada polos mineiros de Lousame na chamada Coluna Sanfins.

Publicado em Galiza
Quinta, 16 Junho 2016 20:52

Fascismo, ele está de volta

[Mauro Santayana] O lançamento, na Europa, do filme Ele está de volta, uma ‘comédia leve’ sobre o que aconteceria se Adolf Hitler voltasse à Alemanha de nossos dias, com cenas de pessoas parando, na rua, para tirar selfies com o maior assassino da História;

Publicado em Mundo

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar