Publicidade

Diário Liberdade
Segunda, 10 Abril 2017 10:41 Última modificação em Quarta, 12 Abril 2017 14:45

Chanceler exige que governos de direita não se intrometam nos assuntos internos da Venezuela

Avalie este item
(1 Voto)
País: Venezuela / Direitos nacionais e imperialismo / Fonte: AVN

A ministra das Relações Exteriores, Delcy Rodríguez, exigiu que os governos de direita da região, que promovem uma intervenção na Venezuela, não se intrometam nos assuntos internos do país.

"Rechaçamos e protestamos energicamente a posição transmitida pela Chancelaria da Colômbia e lhe dizemos: vejam sua própria realidade, onde há violação em massa dos direitos humanos, onde assassinam dirigentes camponeses. Ao México lhe dizemos: vejam sua própria realidade em vez de estar de forma imoral intrometendo-se nos assuntos internos da Venezuela", afirmou e se perguntou: "Como o Brasil, um governo de fato que deu um golpe de Estado contra uma presidenta eleita por mais de 54 mihões de brasileiros, pretende dar lições de democracia".

Em declarações para o canal estatal VTV, Delcy Rodríguez instou o governo de Mauricio Macri- envolvido em delitos de corrupção e que implementa políticas neoliberais contra os direitos socioeconômicos do povo argentino- a não promover ações ingerencistas na Venezuela.

"Não metam o nariz na Venezuela. Rejeitamos, porque em concerto promovem a intervenção da Venezuela para simplesmente satisfazer os interesses de Washington e os mandatos que lhes dão dos Estados Unidos", disse Rodríguez, após se reunir neste domingo com representantes sindicais do Uruguai, na Casa Amarela, sede da chancelaria venezuelana, em Caracas.

A ministra destacou que a Venezuela tem um povo nobre, valente e trabalhador, que luta todos os dias para consolidar a Revolução Bolivariana e em defesa da paz da nação.

"Aqui há um povo de paz, trabalhador. Os companheiros do Uruguai viram um povo que acorda muito cedo para justamente apoiar a gestão do presidente da República, Nicolás Maduro, que trabalha pelo bem-estar do país diante da forças violentas que pretendem derrubar o governo bolivariano", enfatizou a chanceler.

O secretário-geral da Convenção Nacional dos Trabalhadores do Uruguai, Marcelo Abdala, afirmou que a Venezuela tem a capacidade de enfrentar com sua Constituição qualque ataque contra sua democracia.

"Vamos embora comovidos ao ver um povo trabalhador, alegre, que vive, palpita e sonha com o desenvolvimento de seu país", disse Abdala, que com outros companheiros visitaram durante uma semana as indústrias do país.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar