Publicidade

Diário Liberdade
Quarta, 31 Mai 2017 23:01 Última modificação em Sábado, 03 Junho 2017 23:23

Mortífero atentado em Cabul

Avalie este item
(0 votos)
País: Afeganistão / Repressom e direitos humanos / Fonte: Esquerda

Um camião armadilhado explodiu, nesta quarta-feira, na capital do Afeganistão, num bairro onde ficam situadas diversas embaixadas. No atentado suicida, ainda não reivindicado, morreram pelo menos 80 pessoas e ficaram feridas mais de 300.

O atentado desta quarta-feira, 31 de maio de 2017, foi provocado pela explosão de um camião na praça Zanbaq em Cabul, uma zona próxima do Palácio Presidencial, de edifícios governamentais e de várias embaixadas, entre as quais as do Reino Unido e da Alemanha. Os edifícios das embaixadas da Índia e da China também ficam perto do local e sofreram danos com a explosão.

O mortífero atentado ocorre no início do Ramadão e ainda nenhuma organização o reivindicou.

Os talibãs negaram expressamente o seu envolvimento através de um porta-voz no twitter, que em comunicado afirmou: "O Emirato Islâmico condena os ataques levados a cabo contra civis e em que se verificam baixas civis sem um objetivo claro".

O atentado é significativo pelo momento em que ocorre, pela sua escala e efeito mortífero e pela sua localização (um importante bairro da capital).

Guerra do Afeganistão: Mais de 110 mil pessoas mortas

Na guerra do Afeganistão morreram no período 2001-2016, segundo a CNN (link is external), 111.442 pessoas:

42.100 talibãs e outros militantes;
31.400 civis afegãos;
30.470 militares e polícias afegãos;
2.371 militares dos Estados Unidos;
1.136 militares de países aliados dos EUA;
3.946 pessoas de outras organizações (nomeadamente de empresas militares privadas, organizações humanitárias, comunicação social, etc.).

Atualmente, há no Afeganistão 8.400 militares dos EUA e mais 5.000 da NATO.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar