Publicidade

Diário Liberdade
Quarta, 02 Agosto 2017 15:45 Última modificação em Segunda, 07 Agosto 2017 15:31

China inaugura no Djibuti, na costa leste da África, sua primeira base militar estrangeira

Avalie este item
(3 votos)
País: China / Direitos nacionais e imperialismo / Fonte: Opera Mundi

O país inaugurou base em ocasião do 90º aniversário do Exército de Libertação Popular, as forças armadas chinesas; Djibuti, situado no Chifre da África, já sedia bases dos EUA, da França e do Japão.

A China inaugurou nesta terça-feira (01/08) no Djibuti, na costa leste da África, sua primeira base militar permanente no exterior. O país africano já sedia a única base militar dos Estados Unidos no continente.

A inauguração da base ocorreu no 90º aniversário do Exército de Libertação Popular (ELP), as forças armadas da China. Cerca de 300 pessoas estiveram presentes no evento, entre as quais o ministro da Defesa do Djibuti e o subcomandante da Armada chinesa Tian Zhong, informou a imprensa oficial chinesa.

De acordo com Pequim, a base militar no Djibuti servirá para apoiar missões antipirataria, de manutenção da paz e assistência humanitária na África e na Ásia ocidental. No começo de julho, vários navios da Marinha chinesa se encaminharam para o país africano, levando tropas do ELP para a base.

Na celebração do 90º aniversário do exército chinês, o presidente do país, Xi Jinping, aproveitou para reivindicar o papel das forças armadas e advertir que a China está pronta para "lutar contra qualquer invasão estrangeira".

Em um discurso no Grande Palácio do Povo em Pequim, a sede do Legislativo, Xi considerou que o exército devolveu a honra à China como uma grande potência e enfatizou que as forças armadas têm papel importante na manutenção da paz mundial.

Desde que a China manifestou seu interesse em abrir uma instalação deste tipo no final de 2015, o governo em Pequim insistiu reiteradamente que não se trata de uma expansão militar, mas de uma instalação para atividades internacionais e proteção das vias de comércio marítimo.

A abertura da base também é um sinal da expansão do alcance das forças armadas chinesas, que acompanham a crescente influência da China no continente africano. Pequim é o principal parceiro comercial de países da África, de onde importa grande parte das matérias-primas de que precisa.

Segunda maior economia do mundo – superada apenas pelos Estados Unidos – e país mais populoso do planeta, a China não tinha uma presença militar permanente fora do país desde a Guerra da Coreia (1950-53).

O Djibuti, um pequeno país de cerca de 900 mil habitantes, se situa entre Eritreia, Etiópia e Somália, no chamado Chifre da África. O país tem bases militares de França, EUA e Japão, devido a sua localização estratégica ao sul do mar Vermelho, que fica entre a África e a península Arábica.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar