Publicidade

Diário Liberdade
Terça, 11 Junho 2019 19:16 Última modificação em Sábado, 29 Junho 2019 13:49

Curdos e Daesh provocam incêndios em campos de trigo, acusam agricultores sírios

Avalie este item
(0 votos)
País: Síria / Direitos nacionais e imperialismo / Fonte: Abril Abril

Incêndios consumiram vastas áreas cultivadas com trigo e cevada nas províncias de Hasaka e Deir ez-Zor. Agricultores responsabilizam milícias curdas apoiadas pelos EUA e células adormecidas do Daesh.

Há cerca de duas semanas, começou a época da colheita do trigo e da cevada no Nordeste da Síria, que, segundo a agência SANA, parecia ser «prometedora». Contudo, uma onda de incêndios consumiu uma enorme área plantada nas províncias Hasaka e Deir ez-Zor, apesar das medidas entretanto tomadas para tentar controlar estes fogos. Só em Hasaka, o Departamento de Agricultura local estima que as perdas de trigo e cevada atinjam as 18 mil toneladas, tendo em conta a terra cultivada.

Rajab al-Salameh, funcionário do departamento referido, disse à SANA que as altas temperaturas que se verificam na região não são «um fenónemo estranho» na província; o que é «inédito» é este tipo de fogos, sublinhou.

Por seu lado, a população acusou milícias curdas que integram as chamadas Forças Democráticas Sírias (FDS), apoiadas pelos Estados Unidos, de terem «ateado o fogo», no contexto de «uma política de pressão» sobre os agricultores, para os impedir de entregar as suas colheitas nos centros do governo.

De acordo com a agência estatal síria, a situação que os agricultores enfrentam na província de Deir ez-Zor não é muito diferente da dos de Hasaka, sobretudo em áreas sob controlo das milícias curdas. Também aqui a população acusa directamente as FDS, bem como células adormecidas do Daesh – o chamado Estado Islâmico –, de atearem o fogo aos campos cultivados.

Abu Mohammad, habitante da cidade de Sour, no Norte da província de Deir ez-Zor, disse à SANA que os fogos foram ateados em muitas áreas da província, tendo destruído centenas de hectares de campos de trigo e de cevada. Acrescentou que, com este procedimento, as milícias curdas visam punir as famílias que se recusam a negociar com elas ou a obedecer às suas ordens.

Outros habitantes da província do Leste do país afirmaram que as FDS estão a incendiar os campos para impedir os agricultores de tirarem proveito do seu trabalho, porque estes se recusaram a vender as colheitas à milícia curda e porque esta pretende forçar os agricultores a alistarem-se nas suas fileiras.

Abu Mukhlef, um agricultor da aldeia de al-Hussan, no Noroeste da província de Deir ez-Zor, afirmou que, ali, a maior parte dos incêndios teve origem intencional e foi ateada por células adormecidas do grupo terrorista Daesh, que assim procura causar o máximo de danos aos agricultores que se negaram a segui-los.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar