Publicidade

Diário Liberdade
Sábado, 12 Outubro 2019 17:34

Sobre a República Democrática Alemã (RDA)

Avalie este item
(0 votos)
Jones Manoel

Clica na imagem para ver o perfil e outros textos do autor ou autora

Nos últimos dias circulou muito uma matéria (seja no Nexo ou no El País) sobre as mulheres no socialismo “gozarem mais” comparando o nível de satisfação sexual, e no quadro mais amplo os direitos das mulheres, na RDA [ República Democrática Alemã ] e na Alemanha burguesa. Nem quero falar da matéria em si.


Nem quero falar da matéria em si. O mais interessante nessa matéria e em outras é o dado fundamental sempre ocultado.

Próximo ao final da Segunda Guerra Mundial, enquanto Winston Churchill e Franklin Delano Roosevelt (antes de morrer) acariciavam planos de acabar com a Alemanha enquanto Estado e povo (falando, inclusive, de esterilização forçada em massa), a União Soviética colocava claramente seu direcionamento na questão alemã: des-nazificação, eleições livres, assembleia nacional constituinte e restabelecimento da soberania alemã com restrições ao rearmamento total.

Ao final da Segunda Guerra, a posição da URSS continuou a mesma. Eleições livres com assembleia nacional constituinte. As potências imperialistas, com Estados Unidos na cabeça, e a burguesia alemã não queriam eleições por um motivo evidente: a popularidade dos comunistas era tão grande que eles, certamente, ganhariam em uma eleição limpa.

Por isso, EUA, Inglaterra e França forçaram uma separação permanente da Alemanha, tal como fizeram com a Coreia e o Vietnã (esse último conseguiu se reunificar).

A RDA não nasceu dos planos do Exército Vermelho ou da “sede de poder” de Stálin.

A RDA nasce do ato das potências imperialistas de não aceitarem, veja só, eleições livres e limpas.

Fonte: Portal Disparada.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar