Publicidade

Diário Liberdade

[Rodrigo Moura] A literatura, o cinema e outros tipos de arte tiveram uma importância inimaginável no que tange ao processo de reconstrução da identidade e da memória galega, posto que através desses tipos de manifestações artísticas foi possível manter viva toda a cultura e história galega que durante muito tempo sofreu com a repressão e a censura do governo espanhol. Numa sociedade em que a fragmentação está em destaque, o retorno, o repensar uma cultura se torna algo de extrema importância. O medo e o terror aparecem também como memória e serve como auxílio para o não esquecimento de uma parte obscura da História de Galiza. Zygmunt Bauman em "O medo Líquido" (2008) discorre sobre a criação de novas realidades tanto nas artes quanto na vida real, sendo, portanto, uma parte importante da reconstrução da identidade de um povo:

Publicado em Galiza

[Diego Bernal] Nota ou cédula é o nome que designa em galego-português o papel representativo de moeda legal.

Publicado em Opiniom Própria

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar