Publicidade

Diário Liberdade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Domingo, 07 Janeiro 2018 13:02 Última modificação em Domingo, 07 Janeiro 2018 13:05

Refinaria da Petrogal: Luta em defesa dos postos de trabalho em Sines

Avalie este item
(0 votos)
País: Portugal / Laboral/Economia / Fonte: CGTP

Ameaçados com o termo do contrato em 12 de Fevereiro próximo, os trabalhadores do Consórcio de Manutenção vão reunir-se em Plenário Geral de Trabalhadores à porta da Petrogal - Refinaria de Sines, no próximo dia 9 de Janeiro, a partir das 8:45 horas, para decidir formas de luta e reivindicar que a Petrogal termine com a contratação de empresas de trabalho temporário e que todos os trabalhadores sejam reconhecidos pela Petrogal e pela EFATM - Serviços de Manutenção como efetivos.

Cerca de 250 trabalhadores do consórcio da manutenção da Refinaria da Petrogal, em Sines, têm novamente o seu vínculo de trabalho ameaçado. Apesar de ocuparem um posto de trabalho permanente, foi-lhes comunicado pelas suas entidades patronais - EFATM, ATM, CMN e AC Serviçes - o termo do contrato em 12 de Fevereiro próximo.

Há cerca de 30 anos que a Petrogal acabou com parte do seu serviço de Manutenção Mecânica e Elétrica. Esta actividade passou a ser desempenhada por trabalhadores permanentes, mas vínculo precário. através das empresas ditas de prestação de serviço. Estas, por sua vez, utilizam trabalhadores de outras empresas, incluindo empresas de trabalho temporário que procuram fugir ao cumprimento dos direitos, nomeadamente, pagamento do trabalho suplementar correctamente, , subsidio refeição, gozo de férias e entrega dos recibos.

São, portanto, postos de trabalho permanentes e necessários todos os dias, com contratos de prestação de serviço precários entre a empresa entidade patronal - EFATM e uma série de outras empresas subcontratadas, algumas delas de cedência de trabalhadores e trabalho temporário, que acaba por se refletir de forma violenta contra os trabalhadores e seus direitos, nomeadamente o direito constitucional ao trabalho

Os trabalhadores do Consórcio de Manutenção vão reunir-se em Plenario Geral de Trabalhadores a porta da Petrogal - Refinaria Sines no proximo dia 09/01/2018 a partir das 08,45 horas para decidirem formas de luta;

· Pela defesa de todos dos postos de trabalho;

· Que todos os trabalhadores sejam reconhecidos pela Petrogal e pela EFATM como efetivos, que ocupam postos de trabalho permanentes;

· Que a Petrogal termine com a contratação de empresas de trabalho temporário;

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar