Publicidade

Diário Liberdade
Publicidade
Publicidade
Sexta, 22 Março 2019 01:23 Última modificação em Domingo, 07 Abril 2019 19:25

Cuba oferece ao mundo vacina revolucionária contra o cancro de pulmom Destaque

Avalie este item
(0 votos)
País: Cuba / Saúde

25 anos depois do início do estudo e de ensaios clínicos, ficou provada a segurança e efetividade da vacina contra o cancro de pulmom desenvolvida polo Centro de Inmunología Molecular cubano.

As pessoas com cancro de pulmom (um dos mais comuns e mortais), poderám contar com umha maior esperança de vida graças à vacina cubana, chamada CIMAvax, do Centro de Inmunología Molecular (CIM), que a produz e comercializa.

A CIMAvax é administrada por via intramuscular e vai dirigida a pacientes que possuam a doença em um estado bastante avançado. O objetivo é diminuir o crescimento de células malignas no organismo e evitar o espalhamento das células cancerosas mediante o fortalecimento do sistema inmunológico, ralentizando o avanço do tumor.

Nom é, portanto, um método preventivo para o cancro, pois nom consegue eliminar o tumor, mas limita de maneira importante o seu desenvolvimento, prolongando em até 5 anos a esperança de vida de doentes com estado avançado ou mesmo terminais do cancro de pulmom.

Em Cuba já 5.000 doentes submetidos ao tratamento com a CIMAvax mostrárom resultados favoráveis, ao aumentar o tempo de vida que prognosticado até 5 anos, tendo além disso baixos níveis de toxicidade e efeitos secundários. O tratamento é efetivo em Cuba desde 2008, o que dá ideia de um longo percurso de provas a favor da extensom do seu uso.

A partir de 2016, especialistas e estudiosos de Cuba colaborárom com cientistas norte-americanos para alargar as práticas e comprovar a efetividade e segurança da CIMAvax. Os ensaios nos EUA confirmárom, no departamento de Imunologia de Roswell Park, os resultados sobre efetividade e segurança, assi como os reduzidos efeitos secundários, menores que os de outras alternativas terapêuticas.

A vacina é mais efetiva em pacientes menores de 60 anos, com uma sobrevivência média de 18,53 meses nos vacinados em comparaçom com os 7,55 meses para os nom vacinados, segundo o referido Departamento de Imunologia norte-americano.

Tomando em conta a segurança e efetividade que a CIMAvax mostrou ao longo destes anos de estudo, atualmente está a ser comercializado a mais de 20 países, entre eles Paraguai, Colômbia e Argentina.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar