Publicidade

Diário Liberdade
Publicidade
Publicidade
Quinta, 27 Outubro 2016 18:58 Última modificação em Sábado, 29 Outubro 2016 12:28

Centrais sindicais reforçam o chamado à paralisações nacionais em novembro

Avalie este item
(1 Voto)
País: Brasil / Laboral/Economia / Fonte: Diário Liberdade

Centrais sindicais e entidades da classe trabalhadora reforçaram esta semana o chamado à paralisação mais ampla possível do proletariado brasileiro nos próximos dias 11 e 25 de novembro contra as medidas do governo de Michel Temer.

A CUT se reuniu na última quarta-feira (26) para fazer um balanço das iniciativas em direção ao Dia Nacional de Greves e Paralisações, em 11 de novembro. A central reafirmou os eixos norteadores para o grande ato: repúdio à PEC 241 e à reforma da previdência e em defesa do emprego e do Pré-sal.

A Direção Nacional da Intersindical aprovou resolução que, entre outras medidas, orienta a “construir a mobilização e realizar fortes paralisações dos locais de trabalho e de circulação nos dias 11 e 25 de novembro” para barrar a agenda do golpe de Estado que levou Temer à presidência da República e “construir a unidade e organização para a greve geral”.

“A burguesia e seus representantes no Executivo, Legislativo e Judiciário apontaram suas armas contra nós”, denunciou a Unidade Classista por meio de uma nota. Também convocou sua militância a intensificar a participação nos sindicatos e movimentos para construir as paralisações de novembro. “Contra atacar imediatamente é uma questão de sobrevivência”, advertiu.

Participar nos atos em todos os estados no dia 11 de novembro e lutar para a greve em todas as organizações e categorias no dia 25 foram as deliberações da CSP-Conlutas em reunião no último domingo (23). A entidade também convoca a greve geral contra as reformas da previdência e trabalhista e a PEC 241 e por emprego e salário.

No dia 19 de outubro, as centrais sindicais do País se reuniram para aprovar um calendário de lutas que tem como principais ações as dos dias 11 e 25 de novembro e a preparação para uma greve geral da classe trabalhadora.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Publicidade
Publicidade

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar