Publicidade

Diário Liberdade

[Elaine Tavares] Uma coisa precisa ficar muito clara. No modo capitalista de produção não há espaço para o direito à comunicação das gentes. Desde que se consolidou, esse sistema busca, na comunicação massificada, apenas uma forma de manipular as informações e formar consciências mansas para a dominação e capazes de consumir as mercadorias desnecessárias que o sistema produz.  Lá nos albores do capitalismo o escritor francês Honoré de Balzac, no seu livro Ilusões Perdidas, descreveu muito bem o papel da imprensa, como um espaço de mentiras e de destruição, não apenas da informação em si, mas do próprio jornalista. Naqueles dias, era o jornal o veículo que cumpria a função de informar e, ainda que a alfabetização fosse coisa para poucos, as notícias se multiplicavam e tomavam as ruas. O que saía no jornal era tomado como verdade.

Publicado em Mundo

Suspender o bloqueio econômico e financeiro contra o povo venezuelano e respeitar sua soberania é a melhor maneira de ajudar a Venezuela contra o assédio ingerencista e a falsa matriz de opinião de crise humanitária que impuseram os governos dos Estados Unidos, União Europeia e alguns países latino-americanos, por sua férrea vontade de construir o socialismo bolivariano.

Publicado em América Latina

A renda mínima integral dos trabalhadores na Venezuela será a partir de 1º de março de 1.307.646 bolívares, após um incremento do bônus de alimentação a 915.000 bolívares e o aumento do salário mínimo a 392.646 bolívares, um reajuste total de 58%.

Publicado em América Latina

O especialista independente da Organização das Nações Unidas (ONU) na Promoção de uma Ordem Internacional Democrática e Equitativa, Alfred de Zayas, afirmou que a Venezuela não sofre uma crise  humanitária.

Publicado em América Latina

Com uma magnificação sobre a migração de venezuelanos, além de uma campanha de xenofobia, presidentes de direita da região e porta-vozes da oposição venezuelana aumentaram seus ataques contra a Venezuela e o governo bolivariano que lidera o chefe de Estado, Nicolás Maduro.

Publicado em América Latina

Embora já dure décadas, a atual fase do permanente e histórico desastre humanitário que assola a Colômbia jamais teve lugar de destaque na imprensa internacional ou na brasileira em particular. Dentro da Colômbia existem cerca de 7 milhões de refugiados internos. Fora da Colômbia vivem 300.000 refugiados que estão na maior parte na Venezuela e no Equador, de acordo com o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (UNHCR). No Brasil também vivem alguns refugiados colombianos, fato que raras vezes é mencionado na nossa imprensa que quando o faz é de maneira extremamente discreta.

Publicado em América Latina

[Eduardo Vasco] O Jornal Nacional apresentou na noite deste sábado (17) uma reportagem sobre a imigração de venezuelanos na fronteira com Roraima. A Globo enviou repórteres ao local para fazerem uma matéria ridícula, de envergonhar qualquer jornalista sério.

Publicado em Brasil

[Tradução do Coletivo Vila Vudu] A ação de determinado setor da mídia comercial nos EUA, para a qual uma suposta ação de hackers russos teria tido interferência muito ativa nas eleições nos EUA, pode ter surgido de tentativas bem-sucedidas, dos serviços de inteligência dos EUA, para limitar a publicação dos arquivos da Agência de Segurança Nacional de que Edward Snowden conseguiu apossar-se.

Publicado em Mundo

Durante 2017, ano de cerco midiático e econômico contra a Venezuela, a Revolução Bolivariana consolidou o chavismo como principal força política no país a partir de três eleições importantes: a vitória nas urnas na Assembleia Nacional Constituinte, e os resultados das eleições regionais e municipais.

Publicado em América Latina

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar