Publicidade

Diário Liberdade
Terça, 30 Mai 2017 00:33 Última modificação em Sexta, 02 Junho 2017 17:39

Pequim acusa EUA de violar espaço aéreo chinês

Avalie este item
(0 votos)
País: China / Direitos nacionais e imperialismo / Fonte: Vermelho

O Ministério das Relações Exteriores da China divulgou uma nota, neste domingo, acusando aviões dos Estados Unidos de violar o espaço aéreo chinês diversas vezes, o que viola a soberania do país e coloca em risco a vida tanto de cidadãos chineses quanto de norte-americanos.

De acordo com Pequim, tais manobras podem causar sérios problemas para a segurança e, por esse motivo, Washington precisa adotar medidas para evitar que tais incidentes voltem a ocorrer.

Mais cedo, a Defesa chinesa também se pronunciou sobre a questão, pedindo aos EUA para suspender suas atividades no mar do Sul da China, onde, de acordo com a mídia americana, jatos chineses teriam interceptado um avião de patrulha dos Estados Unidos na última semana. No entanto, de acordo com Pequim, houve apenas uma aproximação profissional, mas não uma interceptação.

Conflito no Mar da China

A Marinha da China exigiu a saída de um navio de guerra dos Estados Unidos das águas do Mar do Sul da China. Segundo Pequim, a embarcação norte-americana navegou "sem permissão" a 12 milhas náuticas das Ilhas Spratly, o que pode afetar o processo de paz na região.

Depois do contratorpedeiro USS Dewey, equipado com mísseis guiados, ter navegado em águas próximas aos territórios disputados "sem a permissão do governo chinês", a marinha "emitiu um aviso", disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Lu Kang, em entrevista coletiva concedida na última quinta-feira (25).

Pequim pediu a Washington que "corrija esse erro" e se abstenha de novas provocações que possam prejudicar a "paz e a segurança da região", bem como a cooperação bilateral entre os EUA e a China.

​"Parem de empreender ações provocativas que prejudicam a soberania e os interesses marítimos da China, para evitar assim ferir a paz e a segurança da região e a cooperação de longo prazo entre os dois países", declarou Lu Kang. Ele acrescentou que patrulhas norte-americanas na região podem "provocar inesperados acidentes aéreos e marítimos".

Com informações da Sputnik

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar