Publicidade

Diário Liberdade
Sábado, 24 Novembro 2018 16:40 Última modificação em Quarta, 05 Dezembro 2018 01:00

Socialismo e a confiança do povo coreano

Avalie este item
(1 Voto)
País: Coreia do Norte / Batalha de ideias / Fonte: Diário Liberdade

[ERPDCB] Quando o socialismo se desmoronava na União Soviética e em outros países no final do século passado, a atenção do mundo se dirigiu para a RPD da Coreia. Por acaso ela poderia defender o socialismo? Era uma apreensão inútil.

O povo coreano não somente defendeu o socialismo, mas também avança com alta confiança para alcançar uma grande meta: a construção da potência socialista.

Sua convicção do socialismo se arraiga na questão de que o socialismo lhe propicia um esplêndido futuro, na cofiança de que sua ideologia e regime são os mais justos e vantajosos, e na convicção de que eles são capazes de criar com sua própria força uma vida feliz. Seguir invariavelmente, diga o que digam os outros, sua ideologia e linha, prezar mais que sua vida pelas tradições históricas e os princípios estabelecidos na construção do socialismo e pensar que se superam as provas e penalidades, desfrutaria da felicidade, esse é o potencial espiritual do povo coreano que fez do socialismo sua crença.

A convicção do socialismo do povo coreano está baseada na confiança na justeza da ideia e teoria socialistas, que são precisamente as centradas nas massas populares.

Sua característica constiste em convocar a contrução de uma sociedade em que as massas populares sejam donas de todas as coisas e estas estejam a serviço daquelas e que se desenvolva em virtude da força unida delas.

O povo coreano as apoia plenamente. Com a firme confiança em sua justeza, nunca se mostra vacilante diante da mudança da situação e quanto mais intensa seja a ofensiva antissocialista, tanto mais se redobra, consagrando o todo para defender o socialismo e fazê-lo brilhar.

A convicção do socialismo do povo coreano se fundamenta na superioridade do regime socialista propriamente coreano.

Passaram-se 60 anos desde que na Coreia triunfou uma revolução socialista e se implantou um regime socialista. Durante o tempo transcorrido o povo coreano se convenceu profundamente de que nenhum regime social no mundo é melhor do que seu socialismo centrado nas massas populares.

O socialismo coreano deparou todas as pessoas com sua dignidade humana e uma autêntica vida. Na RPD da Coreia não há nem o privilégio e arbitrariedade da classe exploradora, nem a inimizade e o receio entre as pessoas, nem tampouco a origem social da imoralidade, depravação e o fenômeno da lei da selva. Ainda no difícil período se repartiram constantemente a educação e a assistência médica gratuitas e foram tomadas medidas para fomentar o bem estar material e cultural da população. Ali reina uma bela e nobre característica com que todos se abnegam para a sociedade e o coletivo e consagram a favor dos companheiros seu sangue e carne, e inclusive sua vida. Os coreanos, embora não levem uma vida abundante e luxuosa da qual os milionários desfrutam, sentem um grande orgulho de ter dignidade inata do homem e viver em uma harmoniosa sociedade humana.

A convicção do socialismo do povo coreano se foca na confiança exclusiva em seu dirigente.

O máximo dirigente Kim Jong Un, presidente do Comitê de Estado da República Popular Democrática da Coreia, que, levando adiante a ideologia e a causa de seus predecessores – o presidente Kim Il Sung e o general Kim Jong Il – conduz a causa do socialismo para a vitória. É ideólogo e teórico sem igual e invicto estratega que em qualquer situação e circunstância complexas ilumina claramente o caminho do socialismo coreano. Além disso, como um gênio da criação e da construção, insufla nas pessoas a fé na vitória e no valor e converte o mal em bem e a adversidade na felicidade, registrando mudanças seculares. O povo coreano está firmemente convencido de que sempre ganhará a vitória sob sua direção.

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar