Publicidade

Diário Liberdade
Sábado, 07 Mai 2016 16:18 Última modificação em Segunda, 09 Mai 2016 15:30

Greve de 48h na Grécia contra os cortes 'rápidos'

Avalie este item
(0 votos)
País: Grécia / Laboral/Economia / Fonte: Esquerda Diário

Os sindicatos gregos convocaram uma greve de 48h desde essa sexta-feira contra os cortes no sistema de aposentadorias e a reforma fiscal. A Troika extorque e Tsipras ajusta. 'O Governo tenta tomar de surpresa a sociedade com a votação das reformas fiscais e de pensão durante o fim de semana', disse em um comunicado a Confederação Geral de Trabalhadores da Grécia (GSEE), que agrupa os trabalhadores do setor privado.

“Todo mundo às ruas; as novas medidas contra os trabalhadores e contra o povo do Governo e dos credores (UE e FMI) não passarão”, denunciaram de Adedy, a central sindical de trabalhadores públicos, assegurando que os novos impostos previstos na reforma fiscal do governo de Syriza são “insuportáveis e injustos”.

Os agricultores se somarão às mobilizações, como os trabalhadores do sindicato de trabalhadores da Marinha Mercante, que já realizaram dois dias de greve esta semana.

Uma reforma “rápida” ao modo da Troika

O governo grego se encontra outra vez nas cordas, pressionado pela Troika, que exige mais ajustes. Na próxima segunda, se reunirão em Bruxelas os ministros de finanças da União Europeia, para avaliar o processo de “reformas” implementado na Grécia. Se não avançarem, bloquearão o desembolso do novo trâmite do “Terceiro resgate”.

Por esse motivo, o governo busca aprovar de forma “rápida” nesse fim de semana, no Parlamento, duas reformas-chave exigidas pelo FMI e pela Comissão Europeia: a reforma das pensões e a modificação do sistema fiscal. Ou seja, seguir ajustando os trabalhadores e o povo grego, que seguem pagando pela crise.

Essa semana, ficou conhecido uma informação de um centro de investigações alemão, que demonstra que a maioria do dinheiro dos resgates anteriores, desde 2010, foi para pagar os credores em forma de pagamento da dívida e pagamento de lucros. E somente 10% de todo esse dinheiro foi para o orçamento grego. Um círculo vicioso de “resgates” para pagar a dívida, que geram novas dívidas impagáveis.

Tradução: Cássia

Diário Liberdade é um projeto sem fins lucrativos, mas cuja atividade gera uns gastos fixos importantes em hosting, domínios, manutençom e programaçom. Com a tua ajuda, poderemos manter o projeto livre e fazê-lo crescer em conteúdos e funcionalidades.

Doaçom de valor livre:

Microdoaçom de 3 euro:

Adicionar comentário

Diário Liberdade defende a discussom política livre, aberta e fraterna entre as pessoas e as correntes que fam parte da esquerda revolucionária. Porém, nestas páginas nom tenhem cabimento o ataque às entidades ou às pessoas nem o insulto como alegados argumentos. Os comentários serám geridos e, no seu caso, eliminados, consoante esses critérios.
Aviso sobre Dados Pessoais: De conformidade com o estabelecido na Lei Orgánica 15/1999 de Proteçom de Dados de Caráter Pessoal, enviando o teu email estás conforme com a inclusom dos teus dados num arquivo da titularidade da AC Diário Liberdade. O fim desse arquivo é possibilitar a adequada gestom dos comentários. Possues os direitos de acesso, cancelamento, retificaçom e oposiçom desses dados, e podes exercé-los escrevendo para diarioliberdade@gmail.com, indicando no assunto do email "LOPD - Comentários".

Código de segurança
Atualizar

Quem somos | Info legal | Publicidade | Copyleft © 2010 Diário Liberdade.

Contacto: info [arroba] diarioliberdade.org | Telf: (+34) 717714759

Desenhado por Ritech

O Diário Liberdade utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar